Novo Código Disciplinar faz primeira vítima

O Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que entrou em vigor em 1º de janeiro prevendo punições bastante rigorosas para os infratores, já fez sua primeira "vítima??. É o atacante Espanhol, do Osasco, clube que disputa a Série A3 do Campeonato Paulista. O jogador foi suspenso por 120 dias por ter tentado dar uma cotovelada no zagueiro Polaco, durante partida contra o Primavera, de Indaiatuba, em 1º de fevereiro. E o próximo punido pode ser um clube, o Rio Claro. Corre risco de ser multado em até R$ 500 mil. Motivo? Sua torcida arremessou copos, de plástico, no campo.O Código foi elaborado com o objetivo de unificar a legislação esportiva no Brasil, não se restringindo apenas ao futebol. Mas as severas penas que prevê começam a causar polêmica.Espanhol, por exemplo, está fora do campeonato da Série A3. Sua agonia começou quando ele sofreu falta por trás do zagueiro Polaco e tentou revidar com uma cotovelada. Mesmo sem conseguir agredir o adversário, o atleta do Osasco foi citado no artigo 253 do Código, que fala sobre agressão física a jogadores e árbitros e foi punido com 120 dias. Detalhe: essa é a pena mínima prevista.A punição revoltou a diretoria do Osasco. "Foi um lance extremamente normal, não teve nada de mais. Se o Espanhol foi suspenso por 120 dias, imagine o que vai acontecer qualquer hora com o Luís Fabiano, do São Paulo??, argumenta o presidente do clube, Juvenal Ferreira. O artigo 253 prevê penas de até 540 dias.A próxima vítima poderá ser o Rio Claro. Domingo, no jogo contra o Primavera, o atacante Denílson, após marcar o gol de empate do visitante, se dirigiu à torcida do Rio Claro, que arremessou copos de plástico em sua direção. Mesmo sem maiores conseqüências, o juiz colocou o incidente na súmula e o clube foi citado no artigo 213, que se refere a ausência de providências para prevenir ou reprimir desordens. Se condenado, perderá o mando de uma a três partidas e ainda poderá receber multa de R$ 50 mil a R$ 500 mil."Nosso nome começa com R, mas não somos o Real Madrid para pagar um valor desses. Está completamente fora da realidade??, desabafou o diretor geral do clube, Renê Salvi. O Rio Claro tem uma folha de pagamento de R$ 20 mil mensais, menos da metade da multa mínima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.