Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Novo Corinthians visa arrancar na temporada com uma vitória diante do Coritiba

O atacante Yuri Alberto deve estrear e o meia Willian retornar para dar outra cara ao time do português Vítor Pereira

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de julho de 2022 | 05h00

Uma nova temporada parece ter início para o Corinthians a partir do confronto desta quarta-feira, contra o Coritiba, às 21h30, na Neo Química Arena. A abertura da janela de transferências somada aos possíveis retornos de lesionados trazem uma enorme esperança de melhora em campo, tanto para a torcida quanto para o técnico Vítor Pereira. O português já pode escalar o atacante Yuri Alberto, contratado por empréstimo junto ao Zenit, e regularizado no BID da CBF.

 O setor é o mais carente da equipe. Róger Guedes, que vem atuando na função de homem mais avançado e tem a maior responsabilidade pelos gols, anotou somente nove vezes em 37 partidas, uma média baixíssima de 0,24. Antes da pintura que criou na derrota alvinegra para o Ceará, no Castelão, na última rodada, o camisa 9 já completava sete partidas sem marcar. Jô, que já deixou o clube, segue como terceiro artilheiro no ano, com quatro gols. Júnior Moraes, contratado para ser o centroavante titular, balançou a rede só uma vez em 16 aparições. A equipe sofre e, antes do último tropeço, só havia feito um gol, contra, nos últimos seis compromissos. A temporada 2022 registra uma média de 1,21 tento por jogo, número abaixo até em relação ao ano passado com o criticado time de Sylvinho (1,26).

Yuri chega da Rússia com o retrospecto de aproximadamente um gol a cada duas partidas. Além dele, Vítor Pereira deve contar com a volta de Willian, recuperado de uma lesão no ombro. Tanto o atacante quanto o camisa 10 vêm treinando normalmente com a equipe e devem ser os principais reforços do Corinthians, que tenta se reaproximar do líder Palmeiras na tabela do Brasileirão.

Com duas derrotas nas últimas três rodadas do campeonato, o clube do Parque São Jorge viu o Atlético-MG ultrapassá-lo e assumir a vice-liderança e o alviverde abrir quatro pontos em sua frente. No entanto, o rival desta quarta-feira venceu apenas uma vez nos últimos nove compromissos do Brasileiro e já beira a zona de rebaixamento. Se tropeçar em casa, o time de Vítor Pereira também pode deixar o G-4 da competição.

O histórico recente diante do Coritiba é bastante favorável. O Corinthians perdeu apenas um confronto nos últimos 15 duelos. Já ostenta uma invencibilidade de 14 partidas, com nove vitórias e cinco empates, além de 24 gols marcados e somente 11 sofridos. No palco do jogo que marca a 18ª rodada, o Corinthians jamais perdeu: quatro triunfos e um único empate.

BALBUENA QUER JOGAR

Apresentado oficialmente nesta terça-feira, o zagueiro paraguaio está com apetite e já se coloca à disposição do treinador corintiano. “Se for por mim, quero jogar. Já falei para o técnico, para os doutores, desde que comecei a fazer os exames. Vou ficar à disposição, mas o treinador vai saber a melhor opção para ele. Minha ideia é ajudar, somar de onde estiver, seja jogando, no banco ou na arquibancada”, falou o novo camisa 31 alvinegro.

Balbuena vinha treinando com a sua ex-equipe, o Dínamo Moscou, e participou de toda a pré-temporada. Apenas na última semana, em que estava acertando os últimos detalhes da negociação para o retorno ao Corinthians, que o zagueiro trabalhou fisicamente sozinho.

“Estou me sentindo muito bem, estava fazendo a pré-temporada na Rússia. Fiz vários amistosos. Não treinei essa última semana, mas me sinto muito forte. Vai depender do treinador, da comissão, se não vou trabalhar para ficar pronto o mais rápido possível, que é o mais importante”, destacou Balbuena.

Apesar da empolgação em sua chegada, o paraguaio ainda não apareceu na lista do BID da CBF e, por enquanto, não tem condições legais de jogo, algo que pode mudar até o início da partida. Balbuena disputou 136 partidas pelo Corinthians e já levantou três títulos, sendo um Brasileirão (2017) e dois Paulistas (2017 e 2018).

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS X CORITIBA

CORINTHIANS: Cássio; Rafael Ramos (Bruno Méndez), Gil, Raul Gustavo e Lucas Piton; Du Queiroz, Cantillo e Giuliano; Gustavo Mosquito (Adson), Willian e Róger Guedes (Yuri Alberto). Técnico: Vítor Pereira.

CORITIBA: Muralha, Natanael, Henrique, Castán, Egídio, Willian Farias, Val, Galarza, Martínez, Léo Gamalho e Igor Paixão. Técnico: Gustavo Morínigo.

ÁRBITRO: Wagner do Nascimento Magalhães.

HORÁRIO: 21h30.

LOCAL: Neo Química Arena.

TV: TV Globo e Premiere.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.