Vincent West / Reuters
Vincent West / Reuters

Novo desfalque do Real Madrid, Isco é operado com sucesso de apendicite aguda

Meia pode voltar a atuar apenas no clássico contra o Barcelona, em 28 de outubro

Estadão Conteúdo

25 de setembro de 2018 | 13h30

Poucas horas depois de anunciar que o meia Isco foi diagnosticado com apendicite aguda, o Real Madrid divulgou novo comunicado para confirmar que o jogador foi operado com sucesso nesta terça-feira. A cirurgia, de caráter de emergência após o atleta passar mal na noite de segunda, ocorreu em um hospital da capital espanhola.

E assim como costuma fazer ao publicar informes médicos de jogadores que se estão lesionados, o clube não estabeleceu um tempo estimado de afastamento do meio-campista dos gramados. "A intervenção (cirúrgica) foi realizada sob supervisão dos serviços médicos do Real Madrid. Pendente de evolução", se limitou a dizer o clube após a operação.

De acordo com publicações da imprensa espanhola, Isco poderá ficar até um mês fora dos gramados. Se isso ocorrer, ele só voltaria a atuar no clássico contra o Barcelona, no dia 28 de outubro, no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol.

Inicialmente, o jogador já é desfalque certo para o duelo diante do Sevilla, nesta quarta-feira, fora de casa, pela sexta rodada do torneio nacional, e também para o dérbi contra o Atlético de Madrid, no sábado, no estádio Santiago Bernabéu, pela jornada seguinte da competição.

Caso se ausente das partidas do Real por 30 dias, Isco ainda ficaria fora de jogos contra Alavés e Levante pelo Espanhol, além de um embate com o CSKA Moscou pela Liga dos Campeões. Para completar, ele perderia um amistoso da seleção espanhola contra País de Gales, em 11 de outubro, e um confronto do time nacional com a Inglaterra, quatro dias depois, válido pela Liga das Nações da Uefa.

Além de Isco, o Real não poderá contar com o lateral-direito Dani Carvajal, vetado pelo departamento médico do clube por causa de dores musculares, nesta partida de quarta-feira, às 17 horas (de Brasília), contra o Sevilla.

O time comandado pelo técnico Julen Lopetegui é o atual segundo colocado do Campeonato Espanhol, com 13 pontos, mesma pontuação do Barcelona, líder pelos critérios de desempate. O time catação também joga nesta quarta, às 15h (de Brasília), contra o lanterna Leganés, fora de casa, em outro duelo desta sexta rodada da competição.

 
Tudo o que sabemos sobre:
futebolReal Madrid Club de FutbolIsco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.