Robert Ghement/EFE
Robert Ghement/EFE

Novo exame mantém Egito otimista sobre recuperação de Salah

Radiografia confirma entorse no ombro do atacante do Liverpool, lesão sofrida na final da Liga dos Campeões

EFE

28 de maio de 2018 | 11h00

Após a realização de um novo exame, a Federação Egípcia de Futebol mantém a esperança de ter o atacante Mohamed Salah, do Liverpool, recuperado a tempo de uma lesão no ombro esquerdo para disputar a Copa do Mundo na Rússia.

+ Polícia britânica investiga ameaças de morte contra goleiro do Liverpool

+ Falta de Sergio Ramos em Salah vira assunto na Federação Europeia de Judô

+ Sergio Ramos manda mensagem para Salah, mas imprensa egípcia critica zagueiro

Uma segunda radiografia feita no domingo na Inglaterra "confirmou o primeiro diagnóstico", por isso a seleção mantém a "calma" em relação a Salah, segundo informou o presidente da federação, Hany Abou Rida, em comunicado.

Horas depois de sofrer a lesão na final da Liga dos Campeões contra o Real Madrid, no sábado passado, a federação egípcia afirmou que Salah tem uma entorse no ombro.

O dirigente disse que os médicos da seleção manterão contato com os do Liverpool para preparar o tratamento e fazer "todos os esforços" para que Salah esteja apto para a estreia na Copa, contra o Uruguai, no dia 15 de junho.

Salah é a grande esperança do Egito na Copa do Mundo, torneio ao qual o país retorna pela primeira vez desde 1990. A seleção egípcia, comandada pelo argentino Héctor Cúper, está concentrada na Itália, onde disputará um amistoso na próxima sexta-feira contra a Colômbia. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.