Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Novo julgamento de Dudu, do Palmeiras, é marcado pelo TJD

Atacante volta ao tribunal na segunda-feira por punição de 180 dias

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

16 de julho de 2015 | 09h30

O Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paulista de Futebol marcou para segunda-feira o julgamento do recurso à suspensão de 180 dias do atacante Dudu, do Palmeiras, que foi inicialmente suspenso por ter dado um empurrão no árbitro Guilherme Ceretta de Lima, na final do Campeonato Paulista. O jogador tem atuado sob efeito suspensivo.

Até conseguir a liberação, Dudu cumpriu três jogos de suspensão. O novo julgamento tinha sido marcado para o último mês, mas foi adiado a pedido do Palmeiras. O desafio do departamento jurídico do clube é desqualificar o artigo que causou a pena de 180 dias. O Palmeiras tenta mudar “agressão ao árbitro” para “ato hostil”. Assim, a pena do atacante cairá para números de partidas e a punição será cumprida apenas no Paulistão do ano que vem.

Mesmo que não consiga a mudança no tipo de agressão, o Palmeiras ainda poderá fazer uma última tentativa nos tribunais, que é recorrer ao pleno do STJD. O atacante pode atuar normalmente no domingo, coincidentemente no clássico com o mesmo Santos, adversário da decisão do Estadual. Até quarta-feira, o clube havia vendido 27 mil ingressos.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolDudu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.