Novo lateral do Palmeiras diz que gosta de atacar

Novo reforço do Palmeiras, o lateral-direito Paulo Henrique foi apresentado oficialmente nesta quinta-feira e, como vinha treinando normalmente no Paraná, pode estrear já no domingo, contra o Botafogo, na rodada de abertura do Brasileirão. Em sua entrevista coletiva, o jogador de 21 anos mandou um recado para quem ainda não o conhece: seu ponto forte é o apoio ao ataque.

DANIEL AKSTEIN BATISTA, Agência Estado

19 de maio de 2011 | 17h03

"Não sou muito de marcar, meu forte é apoiar, mas eu tento manter o equilíbrio", contou Paulo Henrique, lembrando que está bem fisicamente e pronto para estrear. Como o titular Cicinho está contundido e o elenco palmeirense só tem o garoto Luis Felipe como reserva da lateral-direita, o novo reforço pode ganhar uma chance de Felipão no jogo de domingo.

Consciente de que está vivendo uma grande oportunidade na carreira, ao defender o Palmeiras - assinou contrato até o final da atual temporada -, Paulo Henrique garantiu que não se abalou com a campanha ruim do Paraná, que foi rebaixado no Campeonato Paranaense deste ano. "O problema lá é que o time era muito novo e faltou maturidade", explicou o lateral.

Paulo Henrique disse se espalhar no volante Pierre, que também saiu do Paraná e virou ídolo palmeirense. Para atingir o mesmo status, ele promete trabalhar com muita seriedade. Nesta quinta-feira, inclusive, não quis nem dar um sorriso quando os fotógrafos foram tirar sua foto com a camisa palmeirense. "Sou sério. Aqui o trabalho é sério, não sou de ficar sorrindo", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasPaulo Henrique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.