Marcio Fernandes/AE - 31/03/2011
Marcio Fernandes/AE - 31/03/2011

Novo preparador físico do Corinthians evita data de estreia para Adriano

Recém chegado, Fábio Mahseredjian diz que recuperação do atacante não é um desafio

FÁBIO HECICO, Agência Estado

13 de setembro de 2011 | 18h34

O Corinthians apresentou nesta terça-feira, no CT do Parque Ecológico, o seu novo preparador físico. Trata-se de Fábio Mahseredjian, que estava no Internacional e chegou ao clube paulista por influência do técnico Tite, com quem trabalhou no Palmeiras, no Internacional, e quando o treinador teve sua primeira passagem pelo Corinthians. Ele substitui Eduardo Silva, que foi desligado do clube para a contratação de Fábio. A entrevista coletiva de apresentação do preparador, porém, foi quase toda ela dedicada a um tema só: Adriano.

Fábio Mahseredjian garante que não encara a recuperação de Adriano como um desafio. "É um atleta que já conheço, grande atleta, de grande força física. Encaro como um atleta que precisa de recondicionamento. A atenção nele será grande, como em qualquer outro que precisar", disse o preparador físico, que já trabalhou com o atacante na manhã desta terça-feira.

Recém-chegado, Mahseredjian já traçou um planejamento para colocar Adriano à disposição de Tite. "Semana que vem ele ainda fica com a gente (no departamento médico), para reavaliarmos. Se possível, fará alguns treinos físicos e técnicos. Na hora que começar os (treinos) físicos, serão mirando a parte técnica. Seria burrice se fizesse pré-temporada com o Adriano na reta final", observou ele.

O novo preparador físico do Corinthians garante que Adriano participará do Brasileirão desta temporada. "Adianto que é impossível ele não se condicionar. Com certeza terá de participar, não posso dizer se em setembro, começo ou meio de outubro, mas vai ter condições nesse Campeonato Brasileiro e não tenho medo de afirmar isso."

Mahseredjian se surpreendeu positivamente com a forma física de Adriano. Perguntado sobre o peso do jogador, disse que não poderia precisar, porque não o viu na balança. "Achei que visualmente estaria pior. Ele está bem e tende melhorar cada vez mais", disse o preparador físico, que também não estipulou em quanto tempo Adriano vai chegar ao peso ideal para voltar a jogar. "Vai depender da determinação dele. Se conseguir fazer dieta, e com atividade física forte, quanto mais fechar bola, mais rápido vai perder esse peso."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansAdriano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.