Novo presidente assume o Vitória prometendo atenção com a base

Pouco mais de uma semana depois de Carlos Falcão renunciar ao cargo de presidente do Vitória, sendo acompanhado pelo seu vice, o clube baiano elegeu nova diretoria na noite de terça-feira. Ex-presidente da Federação Baiana de Futebol, Raimundo Viana assume o Vitória aos 79 anos prometendo atenção com as categorias de base.

Estadão Conteúdo

02 de abril de 2015 | 18h38

Na quarta, em sua primeira atividade com o presidente do Vitória, Viana e o vice-presidente Manoel Matos visitaram as instalações das categorias de base e almoçaram com os jogadores. "A nossa vinda aqui é um indicativo concreto da preocupação que teremos com esse setor, que é vital para o clube", disse o dirigente.

Até então presidente do conselho fiscal do Vitória, Viana recebeu 186 votos, contra 47 do seu opositor, Ivã de Almeida. Ligado a outros ex-presidentes do clube, ele deve dar continuidade ao trabalho que vem sendo feito desde 2005.

Carlos Falcão renunciou após a eliminação do Vitória nas quartas de final do Campeonato Baiano, para o Colo Colo. A equipe, rebaixada no Brasileirão do ano passado, está na semifinal da Copa do Nordeste, na qual enfrenta o Ceará. Pela Copa do Brasil, o Vitória ganhou do Anapolina, por 2 a 1, em Goiás, na noite de quarta-feira, e não eliminou o jogo de volta.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVitóriaCopa do Nordeste

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.