Isabella Bonotto/AFP
Isabella Bonotto/AFP

Novo reforço do Barcelona, bósnio Pjanic testa positivo para o novo coronavírus

Meiocampista não poderá se apresentar com os companheiros para a nova temporada, a partir de 31 de agosto

Redação, Estadão Conteúdo

23 de agosto de 2020 | 17h39

Único reforço do Barcelona até este momento na atual janela de transferências do verão europeu, o meio-campista bósnio Miralem Pjanic testou positivo para o novo coronavírus. A informação foi revelada neste domingo pela direção do clube espanhol em suas redes sociais e no site oficial após um exame realizado neste sábado.

De acordo com o Barcelona, Pjanic se encontra bem de saúde e está em isolamento em sua casa. O jogador, que deixou a Juventus, sentiu alguns incômodos e por este motivo, conforme relatado pelo clube catalão, o teste foi realizado. O meio-campista só viajará à Espanha e se apresentará ao final do período de quarentena de 15 dias.

Pjanic chegou ao Barcelona em troca que envolveu a ida do volante brasileiro Arthur para a Juventus. Com a camisa da equipe italiana desde 2016, o atleta disputou 178 partidas, marcando 22 gols e produzindo 41 assistências, além de conquistar quatro edições do Campeonato Italiano, duas da Copa da Itália e uma da Supercopa da Itália.

O elenco do Barcelona está de folga desde a eliminação nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa para o Bayern de Munique, no último dia 14, e se reapresentará no próximo dia 31. Assim, o recém-contratado técnico holandês Ronald Koeman não poderá contar com Pjanic nos primeiros dias de treinamento para a temporada 2020/2021.

Além do meio-campista bósnio, o elenco do Barcelona teve recentemente outros dois casos de covid-19. Os infectados foram o zagueiro camaronês naturalizado francês Samuel Umtiti e o também defensor francês Tobido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.