Novo técnico da Roma pede apoio a chileno Pizarro

O novo técnico da Roma, Vincenzo Montella, pediu à torcida neste sábado que tenha calma com o volante chileno David Pizarro na partida deste domingo, contra o Parma, pelo Campeonato Italiano. O jogador tem sido alvo constante dos torcedores nos últimos jogos.

AE, Agência Estado

26 de fevereiro de 2011 | 14h39

"Espero que amanhã [domingo] Pizarro não seja hostilizado, e sim apoiado", pediu o treinador, que substituiu Claudio Ranieri, também muito criticado pela torcida. Segundo jornais italianos, Pizarro tem sido chamado de "mercenário" por alguns torcedores. Pizarro também tem sido criticado por ter voltado repentinamente ao time, após ficar afastado por três meses, assim que Ranieri deixou o clube.

Montella, que assumiu o time no dia 21, evitou entrar na polêmica. "Não sei como era a situação antes de minha chegada e não tenho a intenção de desrespeitar Ranieri. Mas no caso de Pizarro, não sei se ele pediu para não jogar", comentou. "Agora, comigo, todos os jogadores estão se comportando de maneira extraordinária", completou.

Ainda segundo a imprensa italiana, a relação entre Ranieri e Pizarro começou a azedar quando o técnico decidiu por fim a dupla formada pelo jogador e pelo volante Daniele De Rossi no meio-campo da Roma.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRomaMontellaPizarro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.