Tiago Pavini/ Ferroviária SA
Tiago Pavini/ Ferroviária SA

Novorizontino derrota a Ferroviária e ultrapassa o Palmeiras no Paulistão

Equipe de Novo Horizonte seca time alviverde, que enfrenta o Botafogo, em Ribeirão Preto, neste domingo

Redação, Estadão Conteúdo

18 de abril de 2021 | 00h32

O Novorizontino vai dormir dentro da zona de classificação às quartas de final do Campeonato Paulista Sicredi 2021. Na noite deste sábado, venceu a Ferroviária por 3 a 1, no estádio Jorge Ismael de Biasi, pela sexta rodada. O clube do interior de São Paulo tirou provisoriamente o Palmeiras da segunda posição do Grupo C.

Com o resultado, o Novorizontino subiu para a vice-liderança da chave, com 11 pontos, seis abaixo do Red Bull Bragantino. No entanto, tem um jogo a mais do que o Palmeiras, terceiro, com oito. O Ituano é o quarto, com sete. Já a Ferroviária ficou em segundo do Grupo B, com dez, na frente de Ponte Preta (7) e São Bento (4). O líder é o São Paulo, com 19.

Embalado com vitórias sobre São Paulo e São Caetano, o Novorizontino fez valer a boa fase contra a Ferroviária, que enfrenta forte pressão nos bastidores com a possibilidade do técnico Pintado deixar a equipe para assumir o Goiás. Mais tranquilo, o time da casa foi criando uma oportunidade atrás da outra de inaugurar o marcador. Saulo fez grande defesa na tentativa de Jenison logo de cara. Aos 22, não teve jeito. Murilo Rangel rolou para Danielzinho, que invadiu a área e chegou chutando para fazer 1 a 0.

A pressão continuou, mas a Ferroviária conseguiu reagir. No seu primeiro lance de perigo, Renato Cajá colocou a bola para dentro da área, Bruno Aguiar afastou mal e Rogério pegou de primeira para empatar. O time de Araraquara equilibrou as ações, porém, sofreu um castigo nos minutos finais. Jenison recebeu de Léo Baiano, deu um drible desconcertante em Arthur Henrique e mandou no fundo das redes.

No segundo tempo, o Novorizontino continuou com a posse de bola e com a pontaria afiada. Aos nove minutos, Danielzinho percebeu o goleiro Saulo adiantado e mandou, de fora da área, por cobertura para fazer o terceiro. O gol desmontou a equipe da Ferroviária, que demorou para absorver o impacto.

Quando o fez, se atirou ao ataque e ameaçou com Renato Cajá. Giovanni saiu nos pés do meia para fazer a defesa. No entanto, o time de Araraquara deu o contragolpe ao adversário. Em uma das boas saídas do Novorizontino, João Pedro avançou em liberdade e chutou muito próximo ao ângulo de Saulo.

O time da casa ainda chegou a ter um gol anulado, marcado por Guilherme Queiroz, nos minutos finais e não teve muita dificuldade para confirmar a terceira vitória consecutiva no Campeonato Paulista.

O Novorizontino entra em campo na terça-feira, às 20h, para enfrentar o Santo André, novamente no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte. No mesmo dia, a Ferroviária recebe o Guarani, às 21h30, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara.

FICHA TÉCNICA:

NOVORIZONTINO 3 x 1 FERROVIÁRIA

NOVORIZONTINO - Giovanni; Felipe Rodrigues, Robson, Bruno Aguiar e Paulinho (Reverson); João Pedro (Adilson Goiano), Léo Baiano (Lepu) e Murilo Rangel; Danielzinho, Jenison (Guilherme Queiroz) e Cléo Silva (Douglas Baggio). Técnico: Léo Condé.

FERROVIÁRIA - Saulo; Diogo Mateus, Matheus Salustiano, Xandão e Arthur Henrique; Higor Meritão, Vinícius Zanocelo (Yuri) e Renato Cajá (Fellipe Mateus); Rogério, Hygor (Anderson Rosa) e Bruno Mezenga (Julio Vitor). Técnico: Pintado.

GOLS - Danielzinho, aos 22, Rogério, aos 35, e Jenison, aos 48 minutos do primeiro tempo. Danielzinho, aos 9 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Paulinho (Novorizontino).

ÁRBITRO - Douglas Marques das Flores.

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.