Novorizontino marca no fim, bate o São Caetano e vence a segunda no Paulista

Equipe de Novo Horizonte chega aos sete pontos com vitória por 1 a 0, em terceiro no Grupo B

Estadão Conteúdo

27 Janeiro 2018 | 21h26

Com um gol de Francis aos 44 minutos do segundo tempo, o Novorizontino venceu o São Caetano por 1 a 0, neste sábado, em casa, pela quarta rodada do Campeonato Paulista. O resultado premiou o time que mais buscou o gol, embora tivesse dificuldades para superar o bloqueio defensivo adversário.

+ Experiência vence a juventude e Corinthians bate o São Paulo no Pacaembu

A vitória reabilitou o Novorizontino da derrota para o Botafogo, no meio de semana, e o deixou com sete pontos, em terceiro lugar no Grupo C, atrás de São Bento e Palmeiras, que ainda atuam na rodada. O São Caetano sofreu sua terceira derrota em quatro jogos e continua com três pontos, em terceiro lugar no Grupo B.

Na condição de mandante, o Novorizontino fez seu papel desde os primeiros minutos. Começou com marcação adiantada, para tentar o gol na base da pressão. Quase conseguiu aos quatro minutos, quando Juninho arriscou de fora da área e o goleiro Helton Leite se complicou para defender.

Com mais posse de bola e acuando o visitante, o Novorizontino foi ganhando terreno e criando chances para marcar. Mas errou no último passe e pecou nas finalizações. Aos 36 minutos, Juninho lançou Safira, que só não concluiu porque Helton Leite saiu bem do gol.

Aos 40 minutos, a bola sobrou para Juninho livre, no lado direito do ataque, mas ele finalizou errado, na rede pelo lado de fora. Dois minutos depois, Everton chutou forte e Helton Leite espalmou, numa grande defesa.

Mas tudo mudou no segundo tempo, quando o técnico Luis Carlos Martins reposicionou o time do ABC em campo. Tirou a equipe de trás e passou a dominar o setor de meio-campo. Apesar da melhora na marcação, não conseguiu chegar com perigo ao gol defendido por Oliveira.

Sem infiltrações e muito menos finalizações, a alternativa do Novorizontino foi tentar os cruzamentos em direção à área. Desta forma, criou grande chance aos 29 minutos. Após o cruzamento do lado esquerdo, o zagueiro Fábio Ferreira subiu entre vários jogadores e testou firme. A bola explodiu no travessão e deixou a torcida com o grito de gol engasgado.

Já com o experiente Magno Alves, de 42 anos, em campo, enfim o Novorizontino chegou ao seu gol. E justamente pelo alto. O cruzamento veio da direita, feito por Cléo Silva, o zagueiro Domingos não cortou e Francis apareceu no lado esquerdo para desviar de cabeça para as redes, aos 44 minutos.

Pela quinta rodada, o Novorizontino vai atuar de novo em casa, diante do Corinthians, no domingo da semana que vem, dia 4, às 19h30. Já o São Caetano vai receber o Mirassol, no mesmo dia e horário.

FICHA TÉCNICA

NOVORIZONTINO 1 X 0 SÃO CAETANO

NOVORIZONTINO - Oliveira; Tony, Fábio Ferreira, Éder e Tallyson (Cléo Silva); Lucas, Adilson Goiano, Jean Carlos (Francis) e Everton; Alisson Safira e Juninho (Magno Alves). Técnico: Doriva.

SÃO CAETANO - Helton Leite; Pedro, Domingues, Sandoval e Bruno Recife; Régis, Esley e Chiquinho; Niltinho (Paulinho), Carlão e Jô (Diego Rosa). Técnico: Luis Carlos Martins.

GOL - Francis, aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Márcio Henrique de Gois (SP).

CARTÕES AMARELOS - Tony e Everton (Novorizontino). Esley e Niltinho (São Caetano).

RENDA - R$ 59.815,00.

PÚBLICO - 2.263 pagantes.

LOCAL - Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.