Novos meninos da Vila são a esperança do Santos na Copa do Brasil

Técnico Claudinei Oliveira vai poupar titulares na partida desta quarta-feira contra o Crac, em Goiás

SANCHES FILHO, Agência Estado

24 de julho de 2013 | 08h16

O Santos resolveu poupar os principais titulares e vai escalar um time basicamente com garotos para enfrentar o Crac nesta quarta-feira, a partir das 21h50, no Estádio Genervino da Fonseca, em Catalão (GO), pela terceira fase da Copa do Brasil. No jogo de ida, a equipe atuou completa na Vila Belmiro e ficou no empate por 1 a 1. Assim, para avançar às oitavas de final, os santistas precisam da vitória ou de empate por no mínimo 2 a 2.

A decisão do técnico interino Claudinei Oliveira de dar descanso a Montillo, Cícero, Edu Dracena e Léo - sem contar com Arouca, que ainda passa por um trabalho de recondicionamento físico -, levando jovens jogadores para Catalão, pode significar que o Santos estaria trocando a Copa do Brasil pela Copa Sul-Americana. Se não se classificar nesta quarta-feira, o clube entra na competição continental, o que, teoricamente, torna mais fácil a luta pela vaga na Libertadores de 2014.

A direção santista, porém, nega que haja interesse em uma competição em detrimento da outra. "O Santos entrou na Copa do Brasil para tentar ser bi (foi campeão em 2010). Não estamos subestimando a Copa do Brasil e muito menos menosprezando o adversário", disse o vice-presidente do clube, Odílio Rodrigues.

Após o jogo contra o Coritiba, no último domingo, pelo Brasileirão, o dirigente conversou com Claudinei Oliveira, que mostrou a necessidade de poupar Edu Dracena, por ter ficado parado durante muito tempo se tratando de uma tendinite no joelho, e Montillo, Cícero e Léo, todos em razão do desgaste pela sequência de jogos. "Além disso, é preciso lembrar que teremos um jogo difícil contra a Ponte, sábado, pelo Campeonato Brasileiro", acrescentou o vice-presidente santista.

A justificativa de Claudinei Oliveira para preservar os titulares é que o departamento de fisiologia apresentou dados que demonstram o desgaste dos jogadores que estão sendo poupados. "Por isso a gente resolveu fazer o rodízio, mas não vejo problema porque o time que vai entrar em campo é capacitado e capaz de vencer o Crac em Catalão", afirmou o treinador.

Dos 20 jogadores que o técnico levou para Catalão, 14 são formados nas categorias de base do clube. As principais novidades da delegação são volante Lucas Otávio, titular do time campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior em janeiro, o atacante Victor Andrade, recuperado da cirurgia das amígdalas e desvio de septo, e o também atacante Gabriel Barbosa, que estava treinando com a seleção brasileira Sub-17.

Claudinei Oliveira deveria anunciar a formação do time após o treino que seria realizado na tarde de terça-feira já em Catalão. Mas a atividade foi cancelada porque a viagem de São Paulo a Uberlândia atrasou quatro horas em razão do mau tempo que fechou o aeroporto da cidade mineira - o restante do trajeto até o interior goiano foi de ônibus.

Ele vai escalar Gustavo Henrique ao lado de Durval na zaga, enquanto o chileno Mena ficará na lateral esquerda. Alan Santos e Leandrinho vão formar a dupla de volantes, completando o meio-de-campo com os meias Pedro Castro e Léo Cittadini. E o ataque será o dos últimos jogos, com Neilton e Willian José.

Para Claudinei Oliveira, a melhor estratégia para o Santos retornar de Goiás classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil é repetir o futebol que o time apresentou na partida de ida, na Vila Belmiro, quando empatou por 1 a 1. "Fizemos um bom jogo. Apesar do resultado, a gente criou várias chances de gol. Vamos marcar pressão, adiantar a marcação e repetir o que temos feito nos últimos jogos, com bons resultados", concluiu o treinador.

CRAC X SANTOS

Crac: Aleks, Rodinei, Bruno Alves, Ben-Hur, Rodrigo Crasso, Coquinho, Washington, Didi (Amendoin), Diogo Medeiros, Danilo e Pantico. Técnico: Marcelo Rocha.

Santos: Aranha, Galhardo, Gustavo Henrique, Durval, Mena, Alan Santos, Leandrinho, Pedro Castro, Léo Cittadini, Neilton e Willian José. Técnico: Claudinei Oliveira.

Juiz: Wagner Reway (MT)

Local: Estádio Genervino da Fonseca, em Catalão (GO)

Horário: 21h50

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilSantos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.