Números mostram importância de Fred para seleção brasileira

Atacante se movimenta mais e participa de jogadas ofensivas

Robson Morelli - Enviado especial a Teresópolis, O Estado de S. Paulo

24 de junho de 2014 | 14h45

Os números de Fred na partida contra Camarões mostram que o atacante do Brasil foi muito mais que o importante gol marcado no segundo tempo, quebrando seu jejum na Copa - ele tinha passado em branco nos confrontos com Croácia e México, e para um camisa 9 isso é mortal. Fred seguiu os conselhos de Felipão e Parreira, que queriam um jogador mais insinuante, de maior movimentação, mesmo se tivesse de sair da área para isso, e com mais participação no jogo, segurando a bola e usando o corpo para prender os adversários. Foi o que fez.

E dessa forma, o atacante recuperou a confiança do torcedor, que após seu gol explodiu de alegria. Mesmo na apresentação dos jogadores no telão do Estádio Mané Garrincha, antes da partida, dava para ver que a torcida de Brasília tinha carinho especial por Fred. "O gol te dá mais moral. Não é a coisa mais importante numa seleção que trabalha coletivamente, em uma Copa, mas ficar sem marcar estava me incomodando", reconheceu.

Se nas duas primeiras partidas da seleção, Fred tinha dado míseros dois chutes a gol, diante dos camaroneses esse fundamento subiu para cinco. Foi quem mais concluiu na partida em Brasília, mais até que Neymar, o craque e artilheiro do jogo, com dois gols. Isso é resultado de sua participação mais efetiva na disputa. Dos 374 passes que o Brasil trocou durante os 90 minutos, Fred deu 12 (3,2%). Para se ter uma ideia do se rendimento anterior, esse percentual era de 1,7%. Também roubou quarto bolas.

Ainda é pouco para reverenciar Fred e torná-lo um dos melhores atacantes da competição, como é visto o uruguaio Luis Suárez e o italiano Mario Balotelli. Ocorre que Fred também começou nessa toada nas Confederações e depois que fez o primeiro gol, não parou mais. É nesse retrospecto que ele e o grupo se apegam. Muito mais que seus números, Felipão comemora o fato de o atacante ter finalmente entrado no jogo, entrado na Copa.  

NÚMEROS DE FRED
1º jogo - Croácia
Gols - 0
Assistências - 0
Chutes a gol - 0
Chutes certos - 0 
Impedimentos - 0
Passes - 8 de 435 do Brasil (1,8%)
Roubadas de bola - 1
Carrinhos - 0
Faltas cometidas - 0
Faltas sofridas - 2
Distância percorrida - 9.187 metros
Minutos em campo - 90

2º jogo - México

Gols - 0
Assistências - 0
Chutes a gol - 2
Chutes certos - 2
Impedimentos - 4
Passes - 6 de 352 do Brasil (1,7%)
Roubadas de bola - 0
Carrinhos - 0      
Faltas cometidas - 0
Faltas sofridas - 1
Distância percorrida - 6.490 metros
Minutos em campo - 68

3º jogo - Camarões

Gols - 1
Assistências - 0
Chutes a gol - 5
Chutes certos - 4
Impedimentos - 0
Passes - 12 de 374 do Brasil (3,2%)
Roubadas de bola - 4
Carrinhos - 1      
Faltas cometidas - 1
Faltas sofridas - 0
Distância percorrida - 8.565 metros
Minutos em campo - 90

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.