Albert Gea/Reuters - 07/04/2012
Albert Gea/Reuters - 07/04/2012

'Nunca competi com Cristiano Ronaldo', afirma Messi

Argentino diz que a suposta 'rixa' entre os jogadores é um desejo da imprensa, mas não existe

AE, Agência Estado

15 de agosto de 2012 | 12h26

Confirmado na última terça-feira pela Uefa como finalista ao prêmio de melhor jogador da Europa na temporada passada, Messi terá Cristiano Ronaldo como um dos seus rivais nesta disputa. Neste último período de competições do futebol europeu, ele e o astro do Real Madrid voltaram a brilhar com grandes atuações, sendo que o português levou a melhor na busca pelo título do último Campeonato Espanhol e ambos caíram com seus times nas semifinais da Liga dos Campeões. O craque argentino, porém, nega que exista uma batalha particular entre os dois por taças e feitos pessoais.

Em entrevista ao jornal Olé, publicada nesta quarta-feira, Messi admitiu não ter "nenhuma relação" de amizade com Cristiano Ronaldo, mas negou que exista qualquer inimizade entre os dois em meio ao clima de grande rivalidade entre Barcelona e Real Madrid.

"O respeito, mas não tenho nenhuma relação com ele, tampouco com outros jogadores. Nos vemos dentro do campo. Eu tenho que lidar com meus companheiros de clube, com os da seleção, com jogadores argentinos que fui conhecendo com o passar dos anos... Porém, com Cristiano não há nenhum tipo de rixa nem nada. Tudo que ele faz é midiático. A imprensa quer que haja um duelo entre nós, mas eu nunca competi com Cristiano nem luto contra ele. Tento fazer o meu trabalho, para que as coisas aconteçam bem, e conseguir os títulos com a seleção e com o Barcelona", ressaltou Messi.

Já ao ser questionado sobre quem deverá ganhar a próxima Bola de Ouro da Fifa, Messi também deixou o seu protagonismo de lado e revelou o desejo de que outro atleta fosse eleito na próxima premiação da entidade, depois de faturar a honraria nos três últimos anos como melhor jogador do mundo.

"Adoraria que fosse um de meus companheiros de Barcelona, como Xavi ou Iniesta, que há muito tempo estão fazendo as coisas bem e ganhando coisas importantes como o Mundial ou a Eurocopa, a nível de seleções. Também tem o Cristiano Ronaldo, que é um grandíssimo jogador, o Casillas, que estão falando dele. Mas, por amizade, eu pessoalmente gostaria que ganhasse Xavi ou Iniesta", completou. 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMessiCristiano Ronaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.