O Corinthians acha gol com Paulo André e bate o Inter por 1 a 0

Com mais de 27 mil torcedores no Pacaembu, time de Tite soma mais três pontos e avança na tabela: agora são 10 jogos sem perder

O Estado de S. Paulo

16 de agosto de 2012 | 20h10

SÃO PAULO - O Corinthians, aos poucos, vai subindo na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, o atual campeão da Copa Libertadores derrotou o Internacional, por 1 a 0, e subiu para a nona colocação, agora com 24 pontos. O gol da vitória corintiana foi marcado pelo zagueiro Paulo André, de cabeça, aos 23 minutos do segundo tempo.

A derrota foi a primeira do Internacional sob o comando do técnico Fernandão, até há pouco tempo diretor de futebol do clube colorado e antes centroavante do próprio clube gaúcho, São Paulo e Goiás. Nas seis partidas anteriores, foram quatro vitórias e dois empates. Com 30 pontos, o Internacional segue em quinto lugar e perde a chance de ultrapassar o rival Grêmio, que tem 31, e voltar ao G-4 - a zona de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores.

No fim de semana, pela 18.ª rodada, o Corinthians terá um clássico pela frente. No domingo, às 16 horas, enfrenta o Santos, de Neymar e Paulo Henrique Ganso, na Vila Belmiro. O Internacional segue em São Paulo, onde no mesmo dia, às 18h30, jogará contra a Portuguesa, no estádio do Canindé.

O JOGO - Com inúmeros desfalques nos dois times, a partida no Pacaembu teve um início de muito equilíbrio e pouco emoção. Logo aos 3 minutos, o Corinthians teve uma boa oportunidade de abrir o placar - em um chute de Adilson e o rebote de Danilo, ambos defendidos pelo goleiro Muriel -, mas nada de mais significativo aconteceu até o intervalo.

Por jogar fora de casa, o Internacional preferiu esperar o Corinthians em seu campo e tentava sair em rápidos contra-ataques. Geralmente a bola era lançada para a dupla de ataque Jajá e Rafael Moura, que fazia a sua estreia, mas o lance era parado por causa do impedimento de um dos dois atacantes colorados.

Na volta do intervalo, os dois times resolveram jogar bola. Apesar de os técnicos Tite e Fernandão não terem feito qualquer substituição, a postura dos jogadores foi outra e a partida ganhou mais emoção. O Corinthians tocava mais a bola e, quando abria algum espaço, arriscava o chute de longe, como fez o volante Willian Arão em duas oportunidades, mas sem perigo para Muriel.

Aos 10 minutos, Tite resolveu sacar o centroavante Adilson, que estava perdido no meio dos zagueiros colorados, e colocou o garoto Giovanni, que deu mais movimentação ao ataque. O argentino Martínez ficou mais pelo lado esquerdo e foi neste setor que sofreu uma falta aos 23 minutos. Douglas cruzou com veneno na primeira trave e o zagueiro Paulo André se antecipou à marcação para cabecear no meio do gol e abrir o placar para o Corinthians.

Em desvantagem, Fernandão abriu um pouco o time com as entradas de Dátolo, Mike e Lucas Lima, mas pouco conseguiu criar de perigo para o gol de Cássio. O Corinthians, fechado e pronto para um contra-ataque, conseguiu segurar o resultado positivo.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 x 0 INTERNACIONAL

CORINTHIANS - Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos (Marquinhos); Ralf, Willian Arão, Danilo e Douglas; Martínez (Denner) e Adilson (Giovanni). Técnico: Tite.

INTERNACIONAL - Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Fabrício; Josimar, Elton, Fred (Dátolo) e Kleber (Mike); Jajá (Lucas Lima) e Rafael Moura. Técnico: Fernandão.

GOL - Paulo André, aos 23 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Martínez, Paulo André e Alessandro (Corinthians); Elton (Internacional).

ÁRBITRO - André Luiz de Freitas Castro (GO).

RENDA - R$ 769,271,06.

PÚBLICO - 27.282 pagantes.

LOCAL - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

MINUTO A MINUTO

SEGUNDO TEMPO

49min - Acabou. O Corinthians joga para o gasto e ganha de 1 a 0, com gol de Paulo André.

47min - O Corinthians chega à sua sexta vitória na competição.

45min - O juiz dá quatro minutos de acréscimo.

43min - O Corinthians segura a bola no ataque, sem pressa, ao grito de sua torcida, que festeja.

41min - Valendo. Fábio Santos sai para a entrada de Marquinhos.

40min -  Jogo parado por falta de Arão e Josimar.

38min - O Inter não oferece perigo. Ataca, corre, briga, mas não chuta a gol nem chega perto do goleiro Cássio. Rafael Moura está desaparecido.

36min - O Inter errou 41 passes. O Corinthians, 21.

34min - A torcida do Corinthians pede o chinês Zizao, que está no banco.

33min - Danilo deu carrinho e poderia ter recebido amarelo. 

31min - Chicão dá chutão para aliviar o perigo.

29min - O Inter atacava menos até sofrer o gol. Agora, o time gaúcho avança um pouco mais.

27min - Se confimar essa vitória, o time de Tite passa a ter 10 jogos seguidos sem perder.

25min - O gol anima o corintiano, que passa a empurrar o time para cima do Inter. Com a vitória parcial, o Corinthians vai para 24 pontos.

23min - GOOOLLLL DO CORINTHIANS, de Paulo André: 1 a 0. Douglas cobra falta na cabeça do zagueiro, que toca bem, sem chance para o goleiro Muriel.

21min - Fabrício, do Inter, tenta de cabeça, para fora.

20min - Até o torcedor no Pacaembu anda calado. O jogo é muito ruim.

17min - O Corinthians tem a bola nos pés. E fica no ataque.

15min - O Corinthians tem escanteio. Fábio Santos levantou na área. No rebote da defesa, Willian Arão chuta e Muriel faz a defesa.

13min - Alessandro trava chute de Jajá dentro da área. Bom momento do Inter.

12min - Jajá levanta a bola na área do Corinthians, mas o juiz dá falta de ataque. O jogo continua amarrado.

9min - O jogo no Pacaembu tem mais desarmes do que jogadas de qualidade. E se concentra no meio de campo.

6min - O Corinthians tenta entrar na defesa do Inter tabelando. A defesa faz o corte. Nas bolas levantadas na área, ao menos tem conseguido escanteios.

4min - Inter sai em contra-ataque e obriga Cássio a sair com os pés. Na volta, Miruel quase falha nos pés de Adilson. O jogo fica mais franco e aberto.

3min - Martínez se solta um pouco mais, faz boa jogadas pela esquerda e recebe a falta.

1min - Começou... As equipes não mudaram.

INTERVALO

FRASES

Rafael Moura: "A equipe precisava de um centroavante. Fiz um gol, mas estava um pouco na frente. Vou tentar fazer outro. O Inter precisa da minha ajuda."

Chicão: "Está um jogo competitivo, as duas equipes brigando muito. As duas estão muito competitivas" 

PRIMEIRO TEMPO

46min - Acabou. O jogo foi bem fraquinho nesse primeiro tempo, de muita correria e disputa, mas de pouca qualidade técnica.  

44min - Não deu em nada a falta.

43min - O Corinthians tem falta sofrida por Douglas...

42min - Rafael Moura dá trabalho. O atacante acredita em todas as jogadas. E tem marcação dura.

39min - Cássio faz boa defesa socando a bola. O Inter é mais perigoso.

34min - Boa jogada do Corinthians pela esquerda, com impedimento de Fábio Santos.

32min - Ralf recebe falta e bate boca com os jogadores do Inter.

30min - O jogo é muito disputado, mas sem qualidade técnica.

28min - O Corinthians adianta sua marcação e equilibra o jogo no Pacaembu. Não houve nenhuma boa chance de gol até agora.

23min - Ralf bate rasteiro para boa e fácil defesa de Muriel.

22min - Cássio, goleiro do Corinthians, trabalha mais que Muriel, do Inter. Ocorre que o Corinthians começa a se soltar e achar espaço, sempre em velocidade.

17min - Rafael Moura, que faz sua estreia no Inter, é marcado de perto por Chicão. O Corinthians, com Adílson, tenta se valer da velocidade. A defesa do Inter joga numa linha de quatro.

13min - O Corinthians chega nas bolas paradas com Douglas. A defesa do Inter tira sem muito esforço. O Corinthians tem dificuldade para jogar no Pacaembu.

8min - Por enquanto o Corinthians só se defende. Fábio Santos tira outra.

7min - Jajá chega com perigo. Fábio Santos afasta para escanteio.

5min - Douglas tenta tirar o time do Corinthians da defesa. O Inter começa sufocando.

1min - Começou... O Corinthians passa apertado nesse começo. Rafael Moura já fez um gol, mas estava impedido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.