Hélvio Romero/AE
Hélvio Romero/AE

'O Valdivia precisa maneirar', admite empresário

Osório Furlan Júnior dá razão ao presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, sobre postura do meia

DANIEL BATISTA, Agência Estado

15 de maio de 2011 | 09h20

SÃO PAULO - O empresário Osório Furlan Júnior, dono de 36% dos direitos federativos de Valdivia e um dos responsáveis por trazê-lo de volta ao Palmeiras, no ano passado, confirmou as declarações que o presidente Arnaldo Tirone havia dado ao Estado na sexta-feira.

 

"O Tirone tem razão. Até agora o Valdivia não teve uma sequência de jogos. Esse negócio de cair na noite já foi. Ele está consciente. Seu Luis (pai do jogador) teve uma conversa com ele e o mandou maneirar", afirmou.

 

Um dos problemas que afetam o jogador é que seu casamento com a modelo Daniela Aránguiz está em crise. E, de volta ao Brasil, após ficar um ano e meio no Al-Ain, dos Emirados Árabes, o chileno tem exagerado no mundo boêmio. "Sabe como é, as amizades, mulherada em cima. Ele estava confinado nos Emirados e agora tem toda a liberdade no Brasil. Ele precisa maneirar e vai fazer isso", disse Furlan.

 

Chateado com a notícia, Valdivia deve se reunir nesta segunda-feira com Tirone. No sábado, o meia escreveu no Twitter que espera se recuperar logo da lesão para ajudar o time.

Veja também:

link Valdivia evita polêmica com presidente e promete responder na bola

link Palmeirenses lançam campanha contra Tirone

link Tirone diz que contratação de Valdivia foi mau negócio

video TV ESTADÃO - entevista com Arnaldo Tirone

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasValdiviaempresário

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.