AP
AP

Obama parabeniza seleção norte-americana pela classificação na Copa

Presidente parabenizou Donovan pelo gol e perguntou como estavam as lesões de Howard e Dempsey

Efe

25 de junho de 2010 | 11h35

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, parabenizou pessoalmente, por telefone, a seleção norte-americana de futebol após a vitória de 1 a 0 sobre a Argélia, que garantiu a classificação às oitavas de final da Copa do Mundo da África do Sul.

Veja também:

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador

 

Na quinta-feira à noite após o jantar, Obama ligou à equipe americana que estava no refeitório do hotel da concentração. O treinador Bob Bradley agradeceu ao presidente pela ligação, que toda a seleção conseguiu acompanhar ao vivo por meio do sistema de áudio.

 

Obama felicitou os jogadores pela boa primeira fase e comentou que enquanto ele estava reunido com o general Petraeus no salão Oval, pôde ouvir como o restante da asa oeste da Casa Branca gritou quando o meia Landon Donovan marcou o gol da vitória.

 

Depois, o presidente parabenizou Donovan pelo gol e perguntou como estavam as lesões de Tim Howard e Clint Dempsey.

 

Obama desejou boa sorte à equipe para a partida das oitavas de final do próximo sábado, diante de Gana, e assegurou que todo o país está torcendo por eles.

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.