José Patrício/AE
José Patrício/AE

Obina desabafa e diz que agora poderá dormir feliz

Atacante brilho ao marcar três gols na vitória do Palmeiras sobre o Goiás por 4 a 0 no Palestra Itália

AE, Agencia Estado

29 de outubro de 2009 | 23h47

Obina, o grande herói da noite desta quinta-feira, desabafou com o coração ao fim do jogo. "Olha, eu não estava nem conseguindo dormir direito. Mas hoje posso colocar a cabeça no travesseiro e dormir bem", disse ele, autor de três gols na vitória por 4 a 0 do Palmeiras sobre o Goiás. "É uma noite maravilhosa".

 

Veja também:

linkObina comanda goleada do Palmeiras sobre o Goiás: 4 a 0

som ELDORADO/ESPN - Palmeiras 1 a 0; Palmeiras 2 a 0; Palmeiras 3 a 0; Palmeiras 4 a 0

tabela SIMULADOR - Veja quem pode ser o campeão

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabelaClassificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Ovacionado pela torcida, que certamente dividiu com ele as noites mal-dormidas e agora voltará a dormir feliz, o atacante baiano estava radiante. Festejado, cercado pelos repórteres, mas sem jamais abrir mão de seu traço mais marcante: a humildade. "Prevaleceu nossa dedicação, a força do grupo", repetia. "Essa história de ciúme do Vágner Love não tem nada a ver. Ele vai voltar no próximo jogo [clássico contra o Corinthians, no domingo] e vai nos ajudar muito, com certeza".

Marcos também demonstrava alívio, mas procurou conter o entusiasmo estampado em seu semblante. "Somos um dos favoritos, e não o único favorito", fez questão de repetir. "Sabíamos que estávamos abaixo do que podemos render. Agora, os outros terão de suar sangue pra ganhar da gente", disse, talvez em alusão ao clássico de domingo contra o arquirrival, em Presidente Prudente.

Autor do gol que estabeleceu a goleada palmeirense, a primeira desde que Muricy Ramalho assumiu a equipe, o meia Deyvid Sacconi não se esqueceu de referenciar a atitude dos torcedores. "Estamos imbuídos em busca do título. O time mostrou que está muito unido com a torcida", destacou.

A baixa foi Edmilson, que sentiu lesão no joelho direito e deixou o gramado ainda no primeiro tempo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.