Cesar Greco/AE
Cesar Greco/AE

Obina festeja reestreia no Palmeiras e projeta evolução

Em campo por pouco mais de 15 minutos, atacante elogiou a vontade demonstrada pelo time

Daniel Batista, Agência Estado

20 de julho de 2012 | 09h03

SÃO PAULO - O atacante Obina reestreou com a camisa do Palmeiras no empate por 1 a 1 com o Coritiba, na quinta-feira, no Estádio Couto Pereira, e apesar de ter atuado por pouco mais de 15 minutos, disse ter gostado da vontade demonstrada pela equipe e promete evoluir em pouco tempo.

"Penso em melhorar sempre, mas fiquei pouco tempo no campo. Espero ter mais tempo no próximo jogo para mostrar meu futebol", afirmou o atacante, que entrou no lugar de Betinho no decorrer do duelo e acredita que a falta de entrosamento com os companheiros não será problema. "Vou entrar no ritmo rápido, porque fica fácil quando há jogadores de qualidade no elenco", disse.

Em relação ao jogo diante do Coritiba, o atacante elogiou a disposição de seus companheiros. "Tivemos um bom início de jogo. E quando eu entrei, ajudei a segurar a bola um pouco na frente. Acredito que foi importante a luta do time e esse ponto fora de casa foi valioso", analisou.

Já o atacante Mazinho destacou o fato de o Palmeiras ter conseguido empatar com o Coritiba, fora de casa, mesmo extremamente desfalcado. "O grupo está de parabéns. Os garotos que entraram jogando aproveitaram a oportunidade. Graças a Deus fizemos um bom jogo, infelizmente tomamos um gol no segundo tempo", analisou.

Depois de conquistar um importante ponto no Brasileirão, o Palmeiras voltará a campo no domingo para enfrentar o Náutico, às 16 horas, na Arena Barueri. A equipe comandada por Luiz Felipe Scolari soma sete pontos e ocupa a 18.ª colocação do Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.