Obina quer deixar nome na história do Atlético-MG

O atacante Obina demonstrou grande entusiasmo em sua apresentação no Atlético Mineiro, nesta terça-feira. Além de prometer ajudar a equipe a conquistar títulos, ele garantiu que tentará deixar seu nome na história do clube.

AE, Agencia Estado

26 de janeiro de 2010 | 18h59

"A expectativa de jogar no Atlético é a melhor possível. Chego para ajudar a equipe a vencer, a conquistar títulos, e para tentar fazer a minha história no clube", afirmou o atacante, que assinou contrato por três anos.

A oportunidade de reencontrar Vanderlei Luxemburgo - estiveram juntos no Palmeiras em 2009 - também motiva o jogador. "Já tenho um entrosamento com alguns jogadores, já conheço a filosofia do treinador, que é uma pessoa que sempre me tratou muito bem, e fico feliz por trabalhar em um grupo que já tenho algumas amizades. Isso é sempre bom", comentou.

Calorosamente recebido pelo torcedor no aeroporto, Obina agradeceu ao apoio e prometeu atuar com motivação. "A recepção no aeroporto foi impressionante. A torcida do Atlético é muito calorosa, e isso dá ainda mais motivação para dar o máximo dentro de campo. O torcedor foi maravilhoso comigo desde a minha chegada", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.