Obina tira o Palmeiras da zona de rebaixamento do Brasileirão

Atacante faz sua primeira partida como titular, marca um gol e participa de outros dois na vitória de 3 a 0 sobre o Náutico

GABRIEL MELLONI , AE

22 de julho de 2012 | 15h40

SÃO PAULO - O

O gol acordou o Náutico, que decidiu sair da retranca e atacar. Em lances seguidos, Bruno foi exigido, após dois cruzamentos que a zaga do Palmeiras não conseguiu afastar. Quando a equipe pernambucana vivia seu melhor momento, Obina foi novamente decisivo. Aos 29 minutos, o atacante recebeu lançamento pela direita e cruzou no pé de Mazinho, que só precisou desviar para fazer o segundo.

A vantagem de 2 a 0 fez o Palmeiras diminuir o ritmo e o próximo lance de perigo aconteceu apenas aos 40 minutos. Valdivia ganhou dividida na intermediária, avançou e tentou encobrir o goleiro Felipe, que conseguiu dar um tapa e mandar para escanteio a última chance do primeiro tempo.

Logo na volta para o segundo tempo, o time da casa chegou ao terceiro. E Obina, novamente, foi fundamental. Em rápido contra-ataque, ele recebeu na intermediária, cortou para a direita e bateu rasteiro. A bola tocou na trave e voltou no pé de Márcio Araújo, que só empurrou para o gol.

A tranquila vantagem no placar fez com que o Palmeiras controlasse o jogo, tocando de lado e esperando o tempo passar. Ao mesmo tempo, o Náutico já estava completamente desanimado e não esboçava nenhum tipo de reação. As alterações do técnico Alexandre Gallo não surtiram efeito e a equipe seguia totalmente dominada.

Destaque da vitória, Obina deixou o gramado aos 19 minutos para a entrada de Betinho e teve seu nome gritado pelos torcedores. Aos 28 minutos, após tabela com Valdivia, Mazinho ainda teve uma última boa chance, mas Felipe e Márcio Rosário impediram que a vitória se transformasse em goleada.

PALMEIRAS 3 x 0 NÁUTICO

PALMEIRAS - Bruno; Cicinho (Arthur), Leandro Amaro, Wellington e Juninho; Henrique, Márcio Araújo, João Vitor e Valdivia (Daniel Carvalho); Mazinho e Obina (Betinho). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

NÁUTICO - Felipe; Alessandro, Márcio Rosário, Jean Rolt e Lúcio (João Paulo); Gustavo (Ramírez), Elicarlos, Glaydson e Rhayner (Cleverson); Kieza e Araújo. Técnico: Alexandre Gallo.

GOLS - Obina, aos 18, e Mazinho, aos 29 minutos do primeiro tempo. Márcio Araújo, aos 5 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Lúcio, Cicinho.

ÁRBITRO - Edivaldo Elias da Silva (PR).

RENDA - R$ 254,860,00.

PÚBLICO - 7.407 pagantes.

LOCAL - Arena Barueri, em Barueri (SP).

----------------------------

RESUMO DO JOGO

O Palmeiras não teve dificuldades para bater o Náutico na Arena Barueri neste domingo. Com gols de Obina, Mazinho e Márcio Araújo, o time de Felipão mostrou o fino da bola e ganhou por 3 a 0. Com os 3 pontos, o Palmeiras chega a 10 e coloca o pé fora da zona de rebaixamento pela primeira vez. Era tudo o que sua torcida queria nesse momento pós-titulo da Copa do Brasil. Obina fez sua primeira partida como titular. E não decepcionou. Marcou o primeiro gol e participou diretamente dos outros dois. Ao ser substituído no segundo tempo, por Betinho, teve seu nome gritado pela torcida. 

MINUTO A MINUTO

SEGUNDO TEMPO

47min - Acabou. O Palmeiras ganha por 3 a 0 do Náutico e soma 10 pontos agora no Brasileirão. Respira longe da zona de rebaixamento.

45min - O jogo vai até 47 minutos. Jogadores dos dois times esperam pelo fim da partida.

44min - O Náutico não tem mais pernas. Espera o fim do jogo.

42min - Os jogadores do Palmeiras do ataque abusam dos toquinhos. 

39min - A torcida do Palmeiras grita olé na Arena Barueri.

38min - O Palmeiras continua com liberdade para atacar. O time, cansado, tira o pé do acelerador. Mesmo assim, está mais próximo do quarto gol do que o Náutico do primeiro.

34min - Valdivia sai para a entrada de Daniel Carvalho.

32min - João Paulo faz boa jogada pelo meio. Passa por três e  chuta fraco. Bruno pega.

30min - Alessandro acerta Valdivia duramente. O juiz dá a falta, mas não mostra o amarelo.

28min - Acabando dessa forma, o Palmeiras festeja sua segunda vitória no Brasileirão. Chega a 10 pontos. E quase marca o quarto. A defesa do Náutico corta bola que caminhava para o gol mansamente.

26min - O Náutico tenta cavar um pênalti, mas o bandeira dedura impedimento.

24min - Betinho aperta a marcação e ganha lateral.

22min - O Palmeiras já teve duas chances nos contra-ataques, com quatro jogadores até. Espera pela bola certa para transformar o resultado em goleada.

19min - Obina sai para a entrada de Betinho. A torcida grita o nome do atacante.

17min - Valdivia tromba com o bandeirinha. Os dois vão para o chão.

16min - O time pernambucano não consegue entrar na defesa do Palmeiras.

14min - O Náutico tem escanteio para cobrar. Obina tira e afasta o perigo. O atacante faz ótima partida. Fez gol e participou diretamente dos outros dois do Palmeiras.

12min - Até o meio de campo o Palmeiras toca como quer. E marca forte nas investidas do rival.

10min - Henrique faz boa apresentação. Valdivia, embora sumido a maior parte do tempo, quando pega na bola sabe o que faz com ela. O Náutico está entregue.

8min - A proposta do Palmeiras é jogar nos contra-ataques. Cicinho sai e entra Arthur. O lateral já tinha amarelo, seu terceiro. Ele não jogará contra o Bahia na quinta-feira.

5min - GOOOLLL DO  PALMEIRAS, de Márcio Araújo: 3 a 0. Obina chuta na trave e Márcio Aráujo pega o rebote, livre de marcação.

4min -  O jogo recomeça morno. O Palmeiras ainda não atacou neste segundo tempo. 

1min - Começou. O Náutico faz duas alteração: João Paulo e Ramirez entram. O Palmeiras é o mesmo.

---------------

INTERVALO

FRASES

Obina: "Fui premiado com um gol. Estamos tentando fazer o nosso melhor. Está dando certo."

João Vitor: "Temos de manter a tranqulidade e segurar esse resultado. O Palmeiras é forte pelo grupo e pela união."

--------------------

PRIMEIRO TEMPO

47min - Acabou. O Palmeiras ganha por 2 a 0. Joga melhor e tem facilidade para tocar a bola.

45min - Palmeiras cobra falta e ganha escanteio nesse fim de primeiro tempo.

42min - O Palmeiras toca fácil em seu campo, sem pressa. O juiz vai dar 2 minutos de acréscimo.

40min - Valdivia, fora da área, tenta gol por cobertura. O goleiro estava adiantado, mas faz a defesa.

39min - O Palmeiras chega pouco ao gol do Náutico nesse momento.

36min - Leandro Amaro dá chutão, pressionado que estava. O Palmeiras, que corria atrás do rival, não tem pressa agora.

33min - O Náutico está afobado no ataque. Chega bem, tem bom volume de bola, mas não consegue brechas na defesa do Palmeiras.

31min - O Palmeiras tem facilidade e espaço para jogar.

29min - GOOOLLLLLL DO PALMEIRAS, de Mazinho: 2 a 0. Obina faz boa jogada pela direita e cruza para a comclusão de Mazinho.  

27min - O Palmeiras agora corre atrás dos adversários.

25min - Bruno faz boa defesa. O Náutico vai para cima do Palmeiras. O time de Alexandre Galo conseguiu três escanteios praticamente seguidos.

24min - Wellington furo perigosamente na defesa do Palmeiras. Jogada horrorosa. Ele tenta o chute e erra. No escanteio, a defesa alivia.

21min - O Náutico marca muito mal.  

18min - GOOLLLLL DO PALMEIRAS, de Obina: 1 a 0. Ele recebe bom passe e bate cruzado, sem tanta força, para fazer seu primeiro gol no Brasileirão.

16min - Valdivia bate de direita e o goleiro Felipe faz boa defesa. Bom momento do Palmeiras.

14min - O Palmeiras já é melhor em Barueri. O time toca bem a bola e tem espaço para jogar.

11min - Valdivia faz um pivô no meio para distribuir as bolas. Obina marca, mas ele estava impedido. O juiz acusa.

9min - Voltou. O Palmeiras está um pouco lento para sair da sua defesa. O Náutico começa com muita vontade.

7min - O Palmeiras põe a bola para fora para atendimento médido de um rival. O jogo para.

5min - O Náutico sai para o jogo. Tenta marcar até no campo do Palmeiras. Mas também dá espaço.

2min - Mazinho já testa o goleiro em chute fraco, mas perigoso. Mazinho e Obina combima bem nesse começo.

1min - Começou. O Palmeiras precisa da vitória para respirar no Brasileirão.  

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.