Obra da Arena Palestra vai receber visita de torcedores

Até o final do ano, palmeirenses vão ter a oportunidade de fazer um "tour" pela construção

Daniel Batista - O Estado de S. Paulo,

10 de setembro de 2011 | 00h39

No dia 10 de maio, torcedores palmeirenses ficaram preocupados e pensaram que o sonho de ver a Arena Palestra de pé teria virado pesadelo. Por causa de um detalhe no contrato, o presidente Arnaldo Tirone não enviou a escritura do terreno à WTorre dentro do período estipulado e por isso os funcionários da construtora ficaram dois dias sem trabalhar. Quatro meses e tudo mudou. As polêmicas deram espaço ao trabalho árduo e as obras vão a todo vapor.

Na quarta-feira, membros do grupo de conselheiros, que esporadicamente ajudam nas finanças do clube, Eternos Palestrinos, visitaram as obras e gostaram do que viram. A visita contou com a participação de Rogério Dezembro, diretor de novos negócios da WTorre, e até o presidente do clube, Arnaldo Tirone, que passou no local para conversar com os palmeirenses.

Os camarotes e as cadeiras especiais da Arena serão comercializados primeiro para quem tinha a posse deles no Palestra Itália. Depois, será colocado aos Eternos que não se encaixam no primeiro grupo e o que sobrar serão vendidos para os outros torcedores. Por isso a importância de apresentar as obras ao grupo. “O interesse maior deles é no camarote. Eles têm um PIB (produto interno bruto) relativamente poderoso”, brincou Dezembro.

Sem confusão nos bastidores, a meta é o quanto antes começar a lucrar com a obra. Por isso, duas ideias devem ser colocadas em prática nos próximos meses. A primeira é a oportunidade de torcedores fazerem um “tour”pelo local, para poder ver de perto como a Arena está ficando. “Visitar obra é complicado, por causa de segurança, por isso estamos vendo a melhor forma de fazer isso. Mas ainda esse ano devemos receber visitas”, contou Dezembro.

Obras no prazo

A fundação das arquibancadas já está sendo feita e do que ainda precisa ser derrubado, estão de pé apenas um ginásio e a arquibancada de visitantes. Até o final do mês o vestiário das piscinas serão entregues. O prédio administrativo será concluído no final do ano e o de quadras fica pronto em janeiro do ano que vem. “Estamos com as obras dentro do prazo. É ótimo trabalhar em paz”, comemora Dezembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.