Observações de Adilson motivam o Santos, diz Arouca

O Santos não tem mais nenhuma ambição no Brasileirão. Mesmo assim, os jogadores mostram motivação na disputa das últimas rodadas. E o grande motivo para isso, segundo o volante Arouca, é a presença do novo treinador santista, Adilson Batista, que, por enquanto, está apenas observando o elenco.

AE, Agência Estado

25 de novembro de 2010 | 17h35

Adilson Batista já foi apresentado oficialmente como novo treinador do Santos, mas só vai assumir o comando do time depois do Brasileirão. Nesse período, ele aproveita para acompanhar o trabalho do interino Marcelo Martelotte e para fazer uma avaliação detalhada dos jogadores.

Assim, os jogadores precisam "mostrar serviço" para agradar ao novo treinador. "Teremos um novo treinador e temos que mostrar para ele que o grupo é forte. Temos que provar que não foi uma coincidência a conquista de dois títulos neste ano (Campeonato Paulista e da Copa do Brasil). Precisamos mostrar serviço e entrar sério em todos os jogos", explicou Arouca.

"Já mostramos que temos um grupo competitivo, mas é lógico que, com a chegada do Adilson, as coisas vão melhorar, vão chegar reforços e esperamos por mais um ano maravilhoso", disse o volante, já vislumbrando a disputa da Libertadores, grande objetivo santista em 2011.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantosArouca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.