Amanda Perobelli/ Reuters
Amanda Perobelli/ Reuters

Observado pela seleção olímpica, Pedrinho faz tratamento intensivo para jogar decisão

Lesão coloca em dúvida a presença do meia na partida contra o Fluminense

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

27 de agosto de 2019 | 04h30

A lesão no quadril que coloca em dúvida a presença do meia Pedrinho na partida de quinta-feira diante do Fluminense, pela Copa Sul-Americana, não preocupa apenas a comissão técnica do Corinthians. Nesta segunda-feira, o jogador recebeu a visita de membros da seleção olímpica, equipe para a qual o jogador de 21 anos está convocado para dois amistosos (Colômbia e Chile).

LEIA TAMBÉM >Festa do Corinthians terá ídolos de várias gerações no camarot

Os auxiliares do técnico André Jardine estão preocupados com a condição física do jogador, que deverá ser titular diante da Colômbia e do Chile no início de setembro, no Pacaembu. 

Pedrinho vinha sentindo dores no quadril e acaba sendo substituído no empate com o Fluminense por 1 a 1, na Arena Corinthians. Ele saiu de maca. Depois de ter sido poupado da partida diante do Avaí, o jogador vem fazendo exercícios de fisioterapia. O jogador fez testes com bola nesta segunda, mas ainda preocupa a comissão técnica. Houve certo otimismo com a possibilidade de recuperação, pois ele foi visto no Lab R9, setor de condicionamento físico para lesões mais leves, e na "Smartgol", simulador em que os jogadores devem acertar os alvos. Em seguida, ele fez atividades no gramado ao lado de um fisioterapeuta. 

Ele vai continuar o tratamento intensivo nos próximos dias. A recuperação do meia se tornou o assunto mais importante da semana, pois Pedrinho se tornou um dos destaques do Corinthians após a disputa da Copa América. Na partida diante do Botafogo, ele participou dos lances dos dois gols. Diante do Fluminense, teve atuação discreta que, segundo ele, foi causada pelas limitações impostas pela dor. 

Após o empate por 0 a 0 diante do Fluminense, o Corinthians se classifica à final Sul-Americana com uma igualdade com gols no Maracanã. Se passar, vai enfrentar o Independiente del Valle, do Equador, na semifinal do torneio sul-americano. 

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansPedrinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.