Ricardo Duarte / Internacional
Ricardo Duarte / Internacional

Odair celebra nova vitória do Inter e exalta elenco: 'Não há vaidade'

Técnico cita maturidade como fator importante para alcançar os três pontos fora de casa

Estadão Conteúdo

23 Agosto 2018 | 09h06

O Inter ampliou o ótimo momento vivido no Campeonato Brasileiro e somou a quinta vitória consecutiva na competição na noite de quarta-feira, ao derrotar o Bahia por 1 a 0 mesmo atuando fora de casa. Mais do que o resultado, a forma como seus comandados se comportaram agradou o técnico Odair Hellmann, que fez questão de elogiar a atuação após o apito final.

"Fizemos um grande jogo, uma grande partida em todos os aspectos. Parabéns aos jogadores, e tenho que fortalecer ainda mais o grupo. Jogadores que não estavam jogando, nem sendo relacionados, hoje jogaram e deram uma resposta positiva. Se a gente não tivesse este ritmo, não conseguiríamos nada", considerou.

Com as cinco vitórias seguidas - todas sem levar gol -, o Inter subiu na tabela do Brasileirão e hoje ocupa a vice-liderança, apenas um ponto atrás do São Paulo: 42 a 41. Para Odair, a ótima campanha é reflexo do comportamento de um grupo "sem vaidades".

"Só posso elogiar a postura no dia a dia, o comprometimento com o clube, ideia de jogo. Não há vaidade. Jogadores com mais carreira, nome, tempo de futebol, estão em pé de igualdade. O treino é muito intenso. Sempre enalteço o grupo. Eu disse que precisava ter grupo. A resposta é fenomenal. Só posso agradecer e parabenizar pelo que fazem", disse.

Sobre o confronto contra o Bahia, especificamente, o treinador considerou que a maturidade colorada foi importante nos momentos mais complicados da partida. "Claro que, jogando fora de casa, o time adversário virá para cima, mas não sofremos essa pressão de situações de gol do Bahia. O Bahia tinha o domínio, mas ficava cruzando na área e não acontecia nada. Fomos superiores em todos os aspectos."

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.