Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional

Odair fecha treino em Curitiba e faz mistério para a estreia do Inter

Equipe gaúcha enfrenta a Chapecoense neste sábado, às 19h, na Arena Condá

Redação, Estadão Conteúdo

26 de abril de 2019 | 22h40

O técnico Odair Hellmann não deu pistas da escalação do time do Internacional, que fará a estreia no Campeonato Brasileiro, neste sábado, às 19 horas, na Arena Condá, contra a Chapecoense. O treinamento nesta sexta-feira, no Centro de Treinamentos do Caju, do Athletico-PR, foi fechado, mas duas ausências são certas: Rodrigo Dourado e Paolo Guerrero.

A dupla, assim como o goleiro Keiller, já retornou para Porto Alegre. O capitão ainda sofre com um problema no joelho esquerdo, enquanto o centroavante sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo logo aos nove minutos da vitória por 1 a 0 sobre o Alianza Lima na última quarta-feira. Roberto, Guilherme Parede e Jonatan Alvez foram chamados para encorpar a delegação.

O Inter vem embalado pela vitória, por 1 a 0, no Peru, sobre o Alianza, que garantiu o primeiro lugar no Grupo A da Libertadores. O time não perde desde 23 de março, quando foi derrotado pelo Novo Hamburgo, por 1 a 0, pelo Gaúcho.

"Perdemos (o Gauchão) nos pênaltis, mas não em campo. Se pegar o que fizemos contra Caxias, em jogos fora e em casa e na Libertadores, dá para ver que não é um time pragmático, é consistente e mais uma vez venceu a partida", afirmou Hellmann, confiante em sua equipe após o jogo em Lima. O time soma sete partidas invictas, com quatro vitórias e três empates em jogos pelo Estadual e Libertadores. Foram dez gols marcados e cinco sofridos.

Hellmann e os jogadores do Inter confiam na boa fase para quebrar a sequências de derrotas em Chapecó. Em 2014, o time gaúcho perdeu por 5 a 0. Em 2015 e 2016, o placar foi 1 a 0 para a equipe catarinense. Ano passado mais um resultado negativo: 2 a 1.

Uma possível escalação do Inter tem: Marcelo Lomba; Bruno, Emerson Santos, Roberto e Uendel; Lindoso, Nonato, D'Alessandro, Guilherme Parede e William Pottker; Rafael Sóbis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.