Ricardo Duarte / S. C. Internacional
Ricardo Duarte / S. C. Internacional

Odair Hellmann quer usar início do Gaúcho como complemento da pré-temporada do Inter

Treinador vê o elenco em um estágio mais avançado em relação ao ano passado

Redação, Estadão Conteúdo

15 de janeiro de 2019 | 13h29

O Internacional está a poucos dias da sua estreia oficial na temporada de 2019, mas a pré-temporada não vai acabar tão cedo. Quem garante isso é o técnico Odair Hellmann, que nesta terça-feira revelou que pretende usar, pelo menos, as quatro primeiras rodadas do Campeonato Gaúcho para complementar o período de preparação para o ano.

"Uma pré-temporada não é de bom nível com 12 ou 11 sessões de treino. Tem que ter 30 dias, quatro semanas. A gente vai seguir a pré-temporada mesmo com jogos. Nos primeiros quatro jogos, inicialmente, vamos usar o máximo de jogadores possível. Para observar, para dar oportunidade dentro de campo. Uma coisa é treinamento, outra é o jogo", disse o treinador em entrevista coletiva no CT Parque Gigante, em Porto Alegre.

"E temos que transferir para o jogo o que temos no treino. O jogo é outra dificuldade. Seguimos com a pré-temporada e vamos usar a maior parte dos jogadores nestes primeiros quatro jogos. Então começará a ter uma sequência maior", disse o técnico, que ainda não definiu quem entrará em campo contra o São Luiz, em Ijuí (RS), neste domingo.

Sem conquistar nenhum título nos últimos dois anos - subiu para a Série A em 2017 com a segunda colocação na Série B -, Odair Hellmann não escondeu a vontade por conquistas e promete o Internacional brigando em todas as competições de 2019 - Campeonato Gaúcho, Copa Libertadores, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. "Nós trabalhamos sempre com os maiores objetivos de todas as competições. Vamos entrar em todas elas almejando os primeiros lugares", ressaltou o treinador colorado.

No comando do Internacional desde novembro de 2017, Odair Hellmann afirmou que vê o elenco em um estágio mais avançado em relação ao ano passado. "Pude partir de um momento, um principio diferente, porque os jogadores já têm a informação, estão na movimentação. Se cria uma perspectiva de variações de característica e estamos trabalhando isso, mas os jogos são importantes porque se vê o jogador, se vê a movimentação", finalizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.