Mailson Santana / Fluminense
Mailson Santana / Fluminense

Odair vê evolução do Fluminense, mas considera Flamengo 'muito mais preparado'

Técnico aposta em organização e estrutura consistente para competir na final da Taça Rio

Redação, Estadão Conteúdo

05 de julho de 2020 | 20h35

O empate sem gols com o Botafogo neste domingo garantiu o Fluminense na final da Taça Rio, mas manteve o jejum do time desde a retomada do futebol após a paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus.

Além de ter somado dois empates e uma derrota, o Fluminense também não marcou nenhum gol nessa volta. Mesmo assim, o técnico Odair Hellmann acredita que o time está mostrando evolução de um jogo para o outro.

"Evoluímos do primeiro para o segundo e do segundo para o terceiro. Hoje fizemos o melhor jogo dos três. Foi um jogo consistente, tomamos poucos contra-ataques. Nossas avaliações foram boas", analisou o treinador.

Na final da Taça Rio, marcada para quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, o Fluminense vai ter pela frente o Flamengo, que pode se sagrar campeão carioca. Para Hellmann, o adversário está "muito mais preparado".

"Os momentos são diferentes. O adversário chega muito mais preparado em todos os aspectos, fisicamente também. Mas tentaremos manter nossa organização, uma estrutura consistente e fazer nosso jogo, para conseguirmos esse título", afirmou Hellmann.

Diferente das semifinais, o dono da melhor campanha não tem a vantagem do empate. Por isso, em caso de igualdade no tempo normal, a decisão vai para os pênaltis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.