Odvan chega, mas Roth quer mais

O zagueiro Odvan é o primeiro reforço do Santos para a temporada de 2002. Ele assinou contrato de 1 ano com o clube e viajou hoje mesmo para São Pedro, onde começa a treinar nesta terça-feira com o restante do elenco. O técnico Celso Roth gostou da contratação, mas ainda não está satisfeito. "Espero que outros jogadores cheguem ainda esta semana para termos o time completo". A principal preocupação dos santistas agora é contratar um lateral-direito e um centroavante.Nesta segunda-feira, Odvan acertou os últimos detalhes de seu contrato e concedeu rápida entrevista na Vila Belmiro. "Espero conseguir títulos e dar alegria à torcida santista", disse o zagueiro, que não escondeu sua maior ambição. "Espero voltar à seleção a tempo de disputar a Copa".Odvan completará 28 anos no dia 26 de março e espera retomar logo a sua melhor forma física, já que está parado desde o final de outubro, quando se desentendeu com Eurico Miranda e acionou o Vasco na Justiça para ficar com a posse de seu passe, o que acabou conseguindo.O novo reforço revelou que sempre quis jogar no futebol paulista e que tem grande expectativa de atuar bem pelo Santos. Conhece a pressão dos torcedores santistas e a cobrança que sempre fazem, especialmente sobre os zagueiros. "Sou um profissional e estou acostumado com isso", afirmou Odvan, reconhecendo que "dentro de campo a torcida tem o direito de cobrar".Enquanto isso, Celso Roth comandou nesta segunda-feira o primeiro treino técnico-tático do time. O lateral-esquerdo Rubens Cardoso é esperado em São Pedro nesta terça-feira, mas sua situação continua indefinida, já que pode ser negociado com o Grêmio ou o Cruzeiro. Quanto ao meia Canindé, ninguém sabe de seu paradeiro: ele ainda não se apresentou ao clube e os dirigentes não conseguem localizá-lo.

Agencia Estado,

07 de janeiro de 2002 | 18h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.