Jefferson Vieira/Oeste FC
Jefferson Vieira/Oeste FC

Oeste busca empate, vence Botafogo nos pênaltis e avança no Troféu do Interior

Em uma partida cheia de emoção, time de Barueri se classifica e vai para a semifinal do torneio

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de março de 2019 | 19h54

O Oeste garantiu na tarde desta quarta-feira, em um jogo cheio de reviravoltas, a classificação às semifinais do Troféu do Interior do Campeonato Paulista. Depois de um empate por 3 a 3 com o Botafogo no tempo normal, a vaga saiu com uma vitória por 4 a 3 nos pênaltis, na Arena Barueri.

A partida foi válida pela rodada de volta das quartas de final. O primeiro jogo, realizado em Ribeirão Preto, terminou empatado por 1 a 1. Agora, a equipe de Barueri espera a definição dos outros resultados para saber qual será o adversário na próxima fase.

O Oeste entrou melhor em campo e não demorou a tirar o zero do placar. O gol foi marcado com oito minutos de bola rolando, quando Bruno Lopes ficou com a sobra dentro da área e precisou de duas tentativas para balançar as redes. O Botafogo respondeu aos 15, com uma bola no travessão após cobrança de falta de Nadson.

Depois disso, o time de Ribeirão Preto demorou para voltar a levar perigo e ainda viu o adversário criar boas oportunidades. De qualquer maneira, quando voltou a incomodar foi para marcar. Aos 38 minutos, Rafael Costa converteu pênalti cometido por Maracás em cima de Naylhor e deixou tudo igual.

A virada veio três minutos depois, aos 41. No lance, Willian Oliveira aproveitou rebote após defesa de Luís Carlos e fez o segundo gol botafoguense.

O Oeste voltou para o segundo tempo disposto a buscar o empate e foi para cima, diante de um adversário bastante recuado. O Botafogo, no entanto, mostrou eficiência mais uma vez e ampliou com Marlon Freitas, que recebeu pelo lado direito e chutou de primeira, aos 25 minutos.

A reação dos donos da casa foi imediata. Aos 27, Fábio recebeu livre na área e se esticou para diminuir o placar. Vivo na partida, o Oeste seguiu pressionando, até porque o Botafogo recuou muito e chamou a pressão. Aos 49 minutos, instantes antes do apito final, Pedrinho aproveitou rebote cedido por Darley e marcou o gol do empate.

Na disputa por pênaltis, Fábio foi o único a desperdiçar pelo lado do Oeste, ao acertar a bola no travessão. Pelo Botafogo, Nadson chutou para fora e Rafael Costa teve a cobrança defendida por Luís Carlos, que garantiu a classificação rubro-negra.

FICHA TÉCNICA:

OESTE 3 (4) X (3) 3 BOTAFOGO


OESTE - Luís Carlos; Cicinho, Maracás, Kanu e Alyson; Betinho (Bruno Paraíba), Matheus Jesus e Mazinho; Roberto (Pedrinho), Bruno Lopes (Elvis) e Fábio. Técnico: Renan Freitas.

BOTAFOGO - Darley; Bruno José, Naylhor, Plínio e Pará (Leonan); Marlon Freitas, Willian Oliveira, Evandro e Nadson; Felipe Saraiva (Ednei) e Rafael Costa. Técnico: Roberto Cavalo.

GOLS - Bruno Lopes aos oito, Rafael Costa aos 38 e Willian Oliveira aos 41 minutos do primeiro tempo; Marlon Freitas aos 25, Fábio aos 27 e Pedrinho aos 49 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Alessandro Darcie.

CARTÕES AMARELOS - Maracás e Alyson (Oeste); Naylhor e Evandro (Botafogo)

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena Barueri, em Barueri (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.