Oeste e Avaí empatam por 0 a 0 e ficam mais perto de seus objetivos na Série B

Com 37 pontos, o Oeste é o primeiro time fora da zona do rebaixamento

Estadão Conteúdo

08 de novembro de 2016 | 21h23

Em jogo fraco na Arena Barueri, Oeste e Avaí não saíram do empate sem gols nesta terça-feira à noite pela 35.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar da partida pouco inspirada, o resultado foi satisfatório para as duas equipes, que se aproximam de seus objetivos na competição.

O Oeste, com 37 pontos, é o primeiro time fora da zona do rebaixamento e começou a rodada com três pontos a mais do que o 17.º Joinville, portanto não pode ser alcançado. O time paulista não vence há 14 jogos. O Avaí, por sua vez, briga na parte de cima da tabela com 59 pontos e não corre riscos de deixar o G4 na rodada.

Quem mais atacou no primeiro tempo foi o Oeste. Com posse de bola, o time da casa mostrou uma proposta mais ofensiva do que nas últimas partidas e conseguiu chegar com frequência à meta defendida por Renan. No entanto, a defesa do Avaí se comportou bem e conseguiu conter as principais jogadas do adversário.

As únicas chances da equipe visitante eram em raros contra-ataques. Na melhor delas, Rômulo cabeceou com perigo e o goleiro Felipe Alves se esticou para praticar bela defesa e impedir que o placar fosse aberto. Na etapa final, o ritmo do jogo caiu ainda mais. Com pouca objetividade, o Oeste mantinha a posse de bola, mas não ameaçava mais o gol adversário e a partida se encaminhou para o empate.

O Avaí também não forçava e se mostrava satisfeito com o resultado, garantindo mais um ponto fora de casa na disputa pelo retorno à primeira divisão.

As duas equipes voltam a campo no próximo sábado, pela 36.ª rodada da Série B. O Avaí recebe o Náutico na Ressacada, em Florianópolis (SC), e o Oeste enfrenta o Brasil no Bento Freitas, em Pelotas (RS).

FICHA TÉCNICA:

OESTE 0 X 0 AVAÍ

OESTE - Felipe Alves; Felipe Rodrigues, Bruno Silva (Mike) e Betinho (Wellington); Léo Artur, André Castro, Pedro Carmona e Rodolfo; Marquinho, Crysan e Marcus Vinícius (Wesley). Técnico: Fernando Diniz.

AVAÍ - Renan; Renato (João Paulo), Eduardo Alemão, Fábio Sanches, Betão e Capa; João Filipe (Vitor), Luan, Judson e Diego Jardel; Romulo (Tatá). Técnico: Claudinei Oliveira.

ÁRBITRO - Bruno Arleu de Araújo (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Felipe Rodrigues, Léo Artur e Pedro Carmona (Oeste).

RENDA - R$ 8.445,00.

PÚBLICO - 1.116 pagantes.

LOCAL - Arena Barueri, em Barueri (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.