Oeste perde para Joinville e briga contra o rebaixamento fica aberta na Série B

Oeste continua dependendo apenas de suas próprias forças para escapar da Série C

Estadão Conteúdo

18 de novembro de 2016 | 21h38

O Oeste não conseguiu encerrar o seu jejum de 16 jogos sem vitória e continua com risco de rebaixamento depois da derrota no confronto direto para o Joinville por 2 a 0, nesta sexta-feira, na Arena Barueri, em Barueri (SP), pela 37.ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Apesar do resultado negativo, o Oeste continua dependendo apenas de suas próprias forças para escapar da Série C. Na 16.ª colocação com 38 pontos, o time paulista precisa de uma vitória sobre o Náutico, no próximo dia 26, um sábado, no Recife. Já o Joinville tem um ponto a menos e abre a zona de rebaixamento, em 17.º lugar. Na última rodada, o time catarinense recebe o Vila Nova.

O primeiro tempo foi bastante movimentado, com os dois times buscando o gol a todo momento, tanto que os goleiros deixaram o campo como os grandes destaques. A melhor oportunidade do Oeste saiu em chute forte de Rodolfo, espalmado por Jhonatan. O Joinville respondeu com Kadu. Na marca do pênalti, após rebote de Felipe Alves, o volante finalizou por cima.

No começo do segundo tempo, o Oeste desperdiçou duas boas oportunidades. Na primeira, Jhonatan espalmou finalização de Marquinho e, logo depois, Pedro Carmona recebeu dentro da área, dominou livre e soltou a bomba, mas parou em uma grande defesa do goleiro.

Aos 29 minutos, Kadu desceu em velocidade e bateu no cantinho de Felipe Alves, abrindo o placar para o Joinville. O time paulista se lançou ao ataque e sofreu o segundo no contra-ataque, aos 47, através de Erick Luis.

FICHA TÉCNICA

OESTE 0 x 2 JOINVILLE

OESTE - Felipe Alves; Felipe Rodrigues (Bruno Silva)(Mike), Francis (Danielzinho) e Betinho; Léo Artur, André Castro, Pedro Carmona e Rodolfo; Marquinho, Crysan e Marcus Vinícius. Técnico: Fernando Diniz.

JOINVILLE - Jhonatan; Everton Silva, Danrlei, Ligger e Fernandinho; Naldo, Kadu e Tinga; Juninho (Erick Luis), Fernando Viana (Paulinho Dias) e Jael. Técnico: Ramon Menezes.

GOLS - Kadu, aos 29, e Erick Luis, aos 47 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Naldo e Kadu (Joinville).

ÁRBITRO - Emerson de Almeida Ferreira (MG).

RENDA - R$ 12.645,00.

PÚBLICO - 1.981 pagantes.

LOCAL - Arena Barueri, em Barueri (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.