Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Oeste só empata com Avaí e fica na zona da degola da Série B

Mesmo com a invencibilidade sob o comando do técnico Luís Carlos Martins, time paulista é o 17.º colocado na competição

Estadão Conteúdo

09 de agosto de 2014 | 23h17

O Oeste conseguiu manter-se invicto sob o comando do técnico Luís Carlos Martins, mas ainda está longe de espantar o fantasma do rebaixamento. Atuando no Estádio dos Amaros, em Itápolis, na noite deste sábado, o time paulista empatou por 0 a 0 com o Avaí e acabou terminando a 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B dentro da zona de degola.

Com o empate, o Oeste segue com três jogos sem perder - empatou por 0 a 0 com a Portuguesa e venceu o Luverdense por 2 a 1 -, mas caiu para a 17.ª posição, com 16 pontos. O time de Itápolis tem a mesma pontuação do Paraná, mas perde no número de vitórias: cinco contra quatro. Já o Avaí segue próximo do G-4, na sexta posição, com 24 pontos.

O JOGO
Ainda que as colocações na classificação mostrem o contrário, os dois times demonstraram muito equilíbrio durante o primeiro tempo. Mandante, o Oeste saiu para o jogo e não demorou para criar a primeira chance de gol. Logo no primeiro minuto, Fernandinho levou a bola até o fundo e cruzou para a área. Serginho cabeceou de cara para o gol, mas o goleiro Vagner fez uma grande defesa e salvou o Avaí.

Aos quatro minutos, mais uma chance de perigo para o Oeste. Desta vez Fernandinho avançou pelo lado esquerdo e tentou resolver sozinho, arriscando um chute de longe. Bem posicionado, Vagner jogou para escanteio. A resposta do Avaí foi dada aos 21 minutos. Se entrar na área adversária estava difícil, Diego Felipe resolveu chutar de fora e exigiu uma grande defesa do goleiro Anderson.

Na volta para o segundo tempo o Avaí mostrou que estava disposto a vencer a partida. Logo aos quatro minutos, o time catarinense perdeu um gol incrível. Depois de um bate-rebate dentro da área, a bola sobrou para o zagueiro Pablo, que sem goleiro conseguiu chutar por cima do gol.

Aos oito minutos, mais uma grande chance dispersada. Desta vez, Marquinhos centrou a bola para dentro da área e o goleiro Anderson, do Oeste, saiu mal. Na sobra, Héber tentou concluir no gol, mas a bola acertou o zagueiro Cris e saiu.

Quando teve a chance, o Oeste também não aproveitou. Aos 20 minutos Lelê fez uma linda jogada e encontrou João Denoni dentro da área. O volante cortou a marcação e bateu no gol, mas em cima do goleiro Vagner, que mais uma vez salvou o time catarinense.

O Oeste volta a campo no próximo sábado, às 21 horas, novamente no Estádio dos Amaros, em Itápolis. Já o Avaí atuará na terça-feira, às 21 horas, contra o América-MG, no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Os dois jogos serão válidos pela 16.ª rodada.

FICHA TÉCNICA:

OESTE 0 X 0 AVAÍ

OESTE - Anderson; Cris, Everton Dias e Lucas Bahia; Ezequiel (Lelê), João Denoni, Dionísio (Ramires), Roger Gaúcho (Borebi) e Fernandinho; Kléber e Serginho. Técnico: Luís Carlos Martins.

AVAÍ - Vagner; Bocão, Pablo, Antônio Carlos e Marrone (Redson); Eduardo Neto, Diego Felipe, Cléber Santana e Marquinhos; Wilker e Héber (Willen). Técnico: Geninho.

ÁRBITRO - Pablo dos Santos Alves (ES).

CARTÕES AMARELOS - Antônio Carlos e Pablo (Avaí); Dionísio e João Denoni (Oeste).

RENDA - R$ 5.455,00.

PÚBLICO - 357 pagantes.

LOCAL - Estádio dos Amaros, em Itápolis (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BOesteAvaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.