Carlos Insaurriaga/Brasil de Pelotas
Carlos Insaurriaga/Brasil de Pelotas

Oeste bate Brasil de Pelotas em jogo marcado por duas paralisações

Time chegou aos 38 pontos e subiu para a décima colocação,da Série B do Campeonato Brasileiro

Estadão Conteúdo

22 Setembro 2018 | 19h38

Em um jogo marcado por lances fortes - Pereira e Wallace Pernambucano precisaram deixar o estádio de ambulância -, o Oeste se distanciou da zona de rebaixamento ao vencer o Brasil de Pelotas, por 3 a 1, na tarde deste sábado, no estádio Bento Freitas, pela 28ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Após encerrar um jejum de quatro jogos sem vitória, o Oeste chegou aos 38 pontos e subiu para a décima colocação, subindo quatro posições. Por outro lado, o Brasil de Pelotas estacionou nos 31 e, em 15º lugar, só não está na zona de rebaixamento porque tem uma vitória a mais (7 contra 6) que o Juventude.

O primeiro tempo no Bento Freitas não foi nada bom para o Brasil de Pelotas. Logo aos quatro minutos, o meia Pereira sofreu uma fratura exposta na perna esquerda ao cometer falta em Pedrinho e precisou ser encaminhado para o hospital. Como havia apenas uma ambulância no estádio, a partida ficou paralisada por 20 minutos.

Na volta, Betinho aproveitou boa troca de passes, invadiu a área e abriu o placar para o Oeste. Logo depois, Wallace Pernambucano, que entrou no lugar de Pereira, se chocou de cabeça com Patrick e caiu desacordado. Nova paralisação - desta vez de 15 minutos - e outro jogador encaminhado para o hospital.

Assim que a bola voltou a rolar, o Brasil de Pelotas foi para cima do Oeste e assustou duas vezes com Michel, mas quem marcou mais uma vez foi o time paulista. Pedrinho foi até a linha de fundo e cruzou para Mazinho apenas empurrar a bola para o fundo das redes.

A etapa final foi mais equilibrada e sem paralisações. Depois de Rafael Dumas salvar em cima da linha chute de Mazinho, o Oeste fez o terceiro aos 23 através de Marciel. Três minutos depois, Michel recebeu dentro da área e soltou a bomba para diminuir para o Brasil de Pelotas.

Os donos da casa tentaram o segundo novamente com Michel, mas dessa vez o goleiro Tadeu levou a melhor e fez grande defesa. Depois, o Oeste valorizou a posse da bola.

O Brasil de Pelotas volta a campo na próxima terça-feira, contra a Ponte Preta, às 21h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. No sábado, o Oeste recebe o Sampaio Corrêa, às 16h30, na Arena Barueri. Os jogos são válidos pela 29ª rodada.


FICHA TÉCNICA:

BRASIL DE PELOTAS 1 x 3 OESTE

BRASIL DE PELOTAS - Marcelo Pitol; Leandro Camilo, Nirley e Rafael Dumas; Éder Sciola, Michel Schmöller, Pereira (Wallace Pernambucano depois Diego Miranda), Itaqui, Lourency (Kaio) e Welinton Júnior; Michel. Técnico: Rogério Zimmermann.

OESTE - Tadeu; Adriano Alves, Joilson, Patrick e Conrado (Guilherme Romão); Lidio, Betinho, Marciel (Edilson) e Mazinho; Pedrinho (Rodrigo Souza) e Marcio Vieira. Técnico: Roberto Cavalo.

GOLS - Betinho aos dez e Mazinho aos 28 minutos do primeiro tempo; Marciel aos 23 e Michel aos 26 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Welinton Júnior, Rafael Dumas e Éder Sciola (Brasil de Pelotas); Conrado e Adriano Alves (Oeste).

ÁRBITRO - Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.