Ofensivo, Vasco luta pela terceira vitória na Taça Rio

Equipe conta com Edmundo e Alan Kardec no ataque, além do garoto Alex Teixeira como meia-armador

Redação,

12 de março de 2008 | 19h29

O Vasco não deve ter dificuldades para superar o Macaé, nesta quinta-feira, às 19h30, em São Januário, pela terceira rodada da Taça Rio. O técnico Alfredo Sampaio quer que o time decida a partida logo no primeiro tempo e armou um esquema ofensivo, tanto que deslocou o habilidoso meia Leandro Bonfim para atuar como volante avançado. Terá a função de se aproximar de Morais e Alex Teixeira.Veja também: América vence a primeira no Campeonato Carioca Antes do clássico, Botafogo enfrenta Duque de CaxiasEdmundo e Alan Kardec estão confirmados no ataque. Mas outro jogador do setor, Jean, que tem sido um trunfo do técnico Alfredo Sampaio no segundo tempo de algumas partidas, está contundido e não vai figurar entre os reservas. VascoTiago; Wagner Diniz, Jorge Luiz, Vilson e Calisto; Jonílson, Leandro Bomfim, Alex Teixeira e Morais; Edmundo e Alan KardecTécnico: Alfredo Sampaio MacaéCássio; Thiago Maciel, André (Souza), Wallace e Bill; Marcinho, Mário César, Steve e Tiano; Wallacer e JonesTécnico: TitaÁrbitro: Agnaldo XavierEstádio: São Januário, Rio de Janeiro, RJHorário: 19h30TV: Pay-per-viewApesar do favoritismo, o técnico do Vasco alertou seus atletas para o bom desempenho do Macaé, especialmente quando enfrenta os times de maior investimento do Estado. "Todo cuidado é pouco", disse. O Vasco até o momento tem duas vitórias na Taça Rio e divide a liderança do Grupo B da competição com o Botafogo. Nesta quarta, os dois foram beneficiados pela derrota do Madureira para o América por 2 a 0. O Madureira também tem seis pontos no turno.No Macaé, a novidade é que o goleiro Cássio vai enfrentar o Vasco, seu ex-clube, pela primeira vez. Ele acredita que terá uma motivação extra por isso e que não será fácil parar o ataque cruzmaltino. O goleiro está pronto para o desafio e pediu atenção total da sua defesa, principalmente, com o atacante Edmundo. "Estou ansioso. Tive a minha história no clube, sempre fui muito bem tratado pela torcida vascaína, mas agora estou vestindo a camisa do Macaé e sou profissional."

Tudo o que sabemos sobre:
VascoEstadual do Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.