Ivan Storti/Santos
Ivan Storti/Santos

Oficializado pela Ponte, zagueiro Cleber é emprestado pela 4ª vez pelo Santos

Contratado no início de 2017, defensor já passou por Coritiba, Paraná e Oeste em empréstimos

Leandro Silveira, Estadão Conteúdo

06 de janeiro de 2020 | 08h49

Não será na temporada 2020 que o zagueiro Cléber Reis voltará a defender o Santos. De volta ao clube após atuar no segundo semestre de 2019 pelo Oeste, o defensor agora vai vestir novamente a camisa da Ponte Preta, que anunciou a contratação por empréstimo do jogador até o fim do ano.

Esse será o quarto empréstimo consecutivo de Cléber. O zagueiro defendeu o Coritiba em toda a temporada de 2018 e no começo de 2019 foi cedido ao Paraná, depois indo para o Oeste. Agora, então, vai jogar novamente pela Ponte Preta, time pelo qual atuou em 2012 e 2013.

"Para mim é uma honra voltar ao clube que me projetou, me deu oportunidade quando eu estava no Catanduvense. A mesma comissão me escolheu pra eu estar aqui e estou muito satisfeito em voltar ao lugar onde fui feliz e onde vou ser feliz, mais ainda, mais uma vez" disse Cleber ao site oficial da Ponte Preta.

A rotina de empréstimos de Cleber se dá pelo desinteresse do Santos em aproveitá-lo, mas também pelo seu longo tempo de contrato. Anunciado como reforço no início de 2017, adquirido junto ao alemão Hamburgo, ele assinou um contrato válido por cinco anos, até janeiro de 2022.

A aposta da direção do Santos naquele momento, porém, não deu certo. Cleber disputou apenas dez jogos pelo time em 2017, não sendo mais aproveitado. Depois, no Coritiba (14), no Paraná (12) e no Oeste (21) entrou em campo mais vezes do que pelo clube detentor dos seus direitos econômicos.

O Santos, agora dirigido por Jesualdo Ferreira, optou por não aproveitar Cleber em 2020 mesmo após perder Gustavo Henrique, que acertou a sua transferência para o Flamengo. Além disso, a permanência de Lucas Veríssimo, outro zagueiro com status de titular em 2019, não está assegurada, pois ele está na mira da Atalanta, sendo visto como importante opção para o clube obter recursos financeiros no mercado.

Além de Cleber, outros jogadores retornaram de empréstimo ao Santos após o fim da temporada 2019. É o caso do centroavante Rodrigão, que estava no Coritiba e agora voltou a ser cedido, mas para o Ceará.

O goleiro Vladimir (Avaí), o zagueiro Sabino (Coritiba), os laterais Daniel Guedes (Goiás) e Romário (Vila Nova), o volante Yuri (Fluminense), o meia Rafael Longuine (Ponte Preta) e o atacante Arthur Gomes (Chapecoense) são outros atletas que voltam de empréstimo ao Santos. Ainda não é certo, porém, quais deles serão aproveitados por Jesualdo em 2020.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.