Olímpia troca de técnico na Série A2

A dança dos técnicos continua agitando o Campeonato Paulista da Série A2. Insatisfeita com os maus resultados, a diretoria do Olímpia demitiu Carlos Alberto Seixas e, sem perder tempo, anunciou a contratação de Carlos Rossi, ex-Mogi Mirim e XV de Piracicaba. Em apenas cinco rodadas, seis clubes proporcionaram um total de sete mudanças de comando.O técnico Carlos Rossi, que no ano passado dirigiu o Uberaba-MG na disputa da Série C do Brasileiro, terá a missão de reerguer o Olímpia diante da líder Francana, no próximo domingo, às 16 horas, no Estádio José Lancha Filho, em Franca.O clube promete ainda nesta semana dispensar alguns jogadores e anunciar novas contratações. O meia César Mendes, ex-Apucarana e Francana, foi o primeiro reforço entregue a Carlos Rossi. Com apenas quatro pontos, o Olímpia amarga a sétima posição do Grupo 1.Bragantino - Mesmo lanterna do Grupo 2, com apenas um ponto em quatro jogos, a diretoria do Bragantino resolveu não mexer na comissão técnica. O técnico Márcio Fernandes ganhou uma nova chance para o jogo contra o Nacional, sábado, na capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.