Oliveira Júnior crê no fim da novela Lúcio

A transferência do lateral-esquerdo Lúcio deve ser efetivada nesta sexta-feira. Pelo menos é essa a expectativa do empresário Oliveira Júnior, que credita ao próprio jogador o atraso na parte burocrática da transação, que também envolve o Palmeiras, o Ituano e o empresário Juan Figer."Não tinha motivo para virar essa novela. Mas a culpa é toda desse Lúcio, que se comporta como um desequilibrado. Uma hora acerta com o Ituano, depois desacerta. Outra hora acerta com o Palmeiras e também desacerta. Não dá para entender", disse o empresário, irritado.Oliveira Júnior, porém, disse que espera um final feliz para a história, embora tenha confirmado que não irá liberar mais nenhum dinheiro para o jogador. "Eu não vou dar nada à ninguém. Tudo que ele tinha direito eu paguei e se ele achar que falta alguma coisa que vá reclamar na Justiça."O empresário disse que liberou R$ 30 mil em 2002 quando assinou com o Ituano. "Na época, ele disse que precisava inteirar o dinheiro para comprar uma casa para a mãe dele. Agora vem essa história de outra casa, que eu não sei. Ele que jogue bola, ganhe dinheiro e compre uma mansão para a mãe dele", completou Oliveira Júnior.

Agencia Estado,

15 de janeiro de 2004 | 20h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.