Oliveira: vítima de um boicote?

De virtual artilheiro da Copa Libertadores e do Campeonato Brasileiro, Ricardo Oliveira começa a ser criticado por estar há três jogos sem fazer jogos. Para alguns, o motivo da repentina má fase do centroavante, que fez 13 gols em 15 jogos e é o vice-artilheiro da Libertadores, com cinco, é em razão de Diego e Robinho se recusarem a lhe passar a bola, para forçar a entrada do amigo de ambos, William, no time. A dupla apresenta inúmeras justificativas para negar o suposto boicote e lembram que no começo também houve dificuldade de entrosamento dos dois com Alberto, que ficou oito jogos sem marcar.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.