Olympique reclama de tratamento do Chelsea em estádio

O Olympique de Marselha reclamou do tratamento recebido no Stamford Bridge na derrota por 2 a 0 para o Chelsea, na terça-feira, pela Liga dos Campeões da Europa. O chefe da equipe de segurança do clube francês afirmou nesta quarta-feira que ele foi colocado para fora do estádio e criticou a fria recepção.

AE, Agência Estado

29 de setembro de 2010 | 11h52

Guy Cazademont disse ao site oficial do Olympique de Marselha que esta foi a primeira vez que ele experimentou uma recepção tão hostil em uma competição europeia e

afirmou que foi "agarrado pela cintura" por membros da equipe de segurança do Chelsea antes de ser expulso do estádio.

Cazademont acrescentou que os torcedores do Olympique de Marselha foram obrigados a permanecerem sentados durante toda a partida e não puderam entrar com faixas no Stamford Bridge. Revoltado, o clube francês prometeu enviar um protesto à Uefa. O Chelsea venceu a partida com gols de Terry e Anelka.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.