Bertrand Langlois/AFP
Bertrand Langlois/AFP

Olympique responde a Marcelo Bielsa: 'Queria fazer clube de refém'

Clube alega ter história rica para evitar 'ser prisioneiro de um homem'

Estadão Conteúdo

09 de agosto de 2015 | 15h33

O Olympique de Marselha reagiu de forma enérgica ao pedido de demissão do técnico argentino Marcelo Bielsa, entregue neste sábado pelo treinador após a derrota da equipe para o Caen, na estreia do Campeonato Francês, por 1 a 0. Neste domingo, o clube divulgou um comunicado, em seu site oficial, acusando "El Loco" Bielsa de estar fazendo o clube de "refém". "O Olympique de Marselha tem uma história rica o suficiente para se recusar a ceder às demandas de apenas um homem", escreveu a equipe.

"Não seremos prisioneiros de um homem que coloca seus interesses pessoais acima do time", acrescentou.

O presidente do Olympique, Vincent Labrune, defendeu o seu clube em reação ao comentário do argentino, que anunciou sua saída em coletiva afirmando que sua decisão foi motivada por "alterações feitas no último minuto" em seu contrato. Para Labrune, a situação era bem diferente.

"Eu, assim como todos os torcedores, estou chocado com a decisão de Bielsa. No entanto, aceitamos, tendo ciência de que ele nos deixa em posição complicada após uma derrota em casa na estreia", criticou o cartola.

A proprietária do clube, a empresária Margarita Louis-Dreyfus, tranquilizou os torcedores e afirmou que está tomando "todas as medidas necessárias para garantir que o clube tenha uma temporada acima das expectativas".

As tentativas de mudanças em seu contrato, que estava próximo de ser renovado pelo time de Marselha, levaram o treinador a romper com a equipe. "Não posso aceitar essa situação de instabilidade no clube. Chegamos a um acordo para ampliar o contrato até 2016/17, só faltava assinar. No entanto, eles quiserem mudar o contrato. Tomei essa decisão (de se demitir) porque, para trabalhar junto com alguém, você precisa ter confiança, e eu não tenho confiança aqui", disparou.

Por sua vez, o presidente Labrune garantiu que "todas as exigências de Bielsa foram atingidas" no novo contrato proposto pelo clube do Sul da França.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.