Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Omar Feitosa testa positivo para covid-19 e aumenta lista de infectados do Santos

Com casos do preparador físico de outro funcionário cujo nome não foi revelado, clube chega a 16 contaminados

Redação, Estadão Conteúdo

14 de novembro de 2020 | 12h12

O Santos comunicou neste sábado que registrou mais dois casos de coronavírus. Um deles é o preparador físico Omar Feitosa, que foi afastado e vai cumprir isolamento sob os cuidados do departamento médico do clube.

O outro profissional infectado pelo vírus também faz parte da comissão técnica, mas seu nome não foi divulgado pelo Santos. O clube paulista foi acometido por um surto de covid-19 e, com mais dois casos registrados, chegou a 16 contaminados pela doença. São 11 jogadores e cinco membros da comissão técnica, incluindo o técnico Cuca, que está internado, e seus auxiliares Cuquinha e Eudes.

Alison, Alex, Diego Pituca, Jean Mota, João Paulo, Jobson, Lucas Veríssimo, Madson, Sandry, Vladimir e Ângelo são os atletas que foram diagnosticados com a covid-19.

Ângelo estava com a seleção brasileira sub-17 em período de treinamento na cidade de Itu, no interior paulista, e foi o último dos jogadores a testar positivo. Ele e outros seis atletas contaminados do grupo foram liberados para retornarem às suas casas para um período de 15 dias de isolamento, recebendo assistência médica da CBF.

O Santos será comandado pelo auxiliar Marcelo Fernandes contra o Internacional, no duelo deste sábado, às 16h30, na Vila Belmiro, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time alvinegro soma 31 pontos e aparece na sétima colocação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.