Reprodução
Reprodução

Once Caldas se junta ao Atlético Nacional e convoca vigília em Manizales

Manifestações de apoio tem início previsto para as 18h45

Estadão Conteúdo

30 de novembro de 2016 | 12h13

Medellín não será a única cidade da Colômbia a receber uma vigília em homenagem aos 71 mortos na tragédia com o voo que levava a Chapecoense e caiu no país. Nesta quarta-feira foi a vez de o Once Caldas convocar seus torcedores a se unirem no seu estádio, em Manizales.

"São bem-vindos torcedores de todas as equipes. Hoje não há cores, hoje há união, solidariedade e respeito", escreveu o Onde Caldas, convocando todos a comparecerem com camiseta branca, flores e velas à tribuna ocidental do seu estádio, o Palogrande, em Manizales.

A vigília vai começar às 18h45, no momento em que estava marcada a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, entre Chapecoense e Atlético Nacional, em Medellín, no Atanásio Girardot. Ali, na casa do Atlético Nacional, deverá acontecer a maior homenagem ao time brasileiro e aos mortos no acidente.

Na terça-feira à noite, torcedores de Millonarios, Nacional e Santa Fé, os três principais times de Bogotá, se reuniram no El Campín, na capital, para também rezarem em memória dos brasileiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.