Divulgação
Divulgação

Once Caldas treina em CT do Palmeiras e vê Guerrero como perigo

Equipe colombiana realizada atividade em local de treinamento do rival do Corinthians e enche a bola do atacante peruano

DANIEL BATISTA, O Estado de S.Paulo

02 de fevereiro de 2015 | 21h01

O elenco do Once Caldas treinou na tarde desta segunda-feira no CT do Palmeiras, na Barra Funda (zona oeste de São Paulo), visando a partida contra o Corinthians, nesta quarta-feira, no estádio Itaquerão, pela fase preliminar da Copa Libertadores. O time colombiano disputa uma vaga no Grupo 2, que já conta com São Paulo, Danúbio (Uruguai) e San Lorenzo, o atual campeão.

Os jogadores e a comissão técnica do Once Caldas mostram conhecer bem o adversário e têm na ponta da língua quem é o grande perigo da equipe brasileira: Guerrero. "O Guerrero é um fenômeno, um monstro e goleador. Temos que ter atenção com ele", disse o atacante Arango, um dos destaques da equipe colombiana que fez um rápido treino tático nesta segunda-feira, logo depois que o time do Palmeiras fez seu trabalho.

Para o goleiro Cuadrado, o atacante peruano precisa de uma atenção especial. "O Guerrero tem toda a competência. Sabemos que ele é uma referência para o Corinthians e o goleador da equipe. Precisaremos ter uma atenção redobrada", avisou o defensor, que deixa o experiente Henao no banco de reservas. Henao era o titular em 2004, quando a equipe foi campeã da Libertadores.

Já o técnico Flabio Torres também faz referência ao peruano, mas mostra ter feito bem a lição de casa e destaca outros corintianos. "O Guerrero é um jogador de perigo e boa técnica. Ele tem bom cabeceio também. O Corinthians tem vários bons jogadores. O Renato (Augusto) é bom jogador, fez gol no final de semana (diante do Marília) e vive um grande momento. O Ralf dá equilíbrio para a equipe e os laterais são típicos brasileiros, que atacam bastante", analisou.

O Once Caldas fará o reconhecimento do gramado do Itaquerão nesta terça-feira, às 20 horas, sem a presença da imprensa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.