Ônibus da seleção argentina é apedrejado no Peru, diz mídia

O ônibus que transportava a seleção da Argentina foi atingido por pedras em Lima na segunda-feira, véspera do jogo contra o Peru pelas eliminatórias da Copa do Mundo, de acordo com reportagens.

Reuters

11 de setembro de 2012 | 08h30

Janelas do ônibus foram quebradas mas nenhum jogador ou integrante da comissão técnica ficou ferido no incidente ocorrido do lado de fora do Estádio Nacional, onde as duas seleções vão se enfrentar nesta terça à noite.

"Eles jogaram tijolos na gente", disse o integrante da comissão técnica argentina Juan Carlos Crespi, segundo o site do jornal esportivo Olé.

O jornal peruano El Comercio disse que depois do incidente a polícia reforçou a segurança ao redor do hotel onde a seleção da Argentina está hospedada em Lima, no bairro de San Isidro.

A tensão entre as duas equipes aumentou nos últimos dias em meio a reportagens sobre um plano do Peru de usar uma marcação forte sobre o capitão argentino, Lionel Messi.

A Argentina, líder das eliminatórias sul-americanas, venceu o Paraguai por 3 x 1 em Córdoba na sexta-feira, enquanto o Peru deixou a última posição da tabela ao derrotar a Venezuela por 2 x 1.

(Reportagem de Rex Gowar em Buenos Aires)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTARGENTINAONIBUSPEDRADAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.