Divulgação
Divulgação

Operadora de celular vai transmitir amistosos da seleção brasileira

Sem Globo, partidas contra Argentina e Austrália também serão exibidas pela TV Cultura e Brasil

Marcio Dolzan, Estadão Conteúdo

05 de junho de 2017 | 18h26

A operadora de celular Vivo anunciou nesta segunda-feira que irá transmitir os amistosos da seleção brasileira diante de Argentina e Austrália, nos próximos dias 9 e 13, para todos os seus clientes. A empresa irá disponibilizar um site (www.vivofutebol.com.br) que permitirá aos assinantes da operadora assistir às partidas gratuitamente através de celulares e tablets.

Os dois amistosos do Brasil, que serão disputados em Melbourne, marcarão um novo modelo de transmissão de jogos da equipe nacional. Será a primeira vez desde 2010 que uma partida da seleção não será transmitida pela Rede Globo, parceira histórica da CBF. A emissora e a confederação não chegaram a um acordo para a transmissão dos amistosos.

Sem a principal emissora do País, a CBF tem buscado alternativas para exibir as partidas que acontecerão às 7h da manhã. A entidade comprou espaço na grade da TV Brasil, pagando R$ 15 mil para exibir cada um dos jogos, e na TV Cultura, cujos valores não foram informados. A geração das imagens ficará a cargo da CBF, que enviou uma equipe à Melbourne e terá um estúdio em sua sede, no Rio. Pelé será o comentarista dos jogos.

O acordo com a Vivo é uma opção de transmissão nas "novas" mídias, e permitirá que ao menos um dos patrocinadores da CBF tenha sua marca atrelada diretamente aos amistosos - as TVs públicas não podem veicular publicidade. Em comunicado à imprensa, a Vivo ressaltou que esta será a primeira transmissão de jogos da seleção via celular. A operadora é patrocinadora da seleção brasileira há 12 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.