Operário leva virada após abrir 2 a 0, mas busca empate na 1ª final da Série C

Jogo de volta está marcado para o próximo sábado, às 19 horas, na Arena Pantanal, em Cuiabá

Estadão Conteúdo

16 de setembro de 2018 | 18h48

Um jogo cheio de alternativas, de troca de vantagens no placar e nenhum vitorioso. Foi assim o primeiro confronto da final da Série C do Campeonato Brasileiro disputada neste domingo à tarde. No estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR), o Operário abriu 2 a 0 sobre o Cuiabá e tomou a virada no segundo tempo, mas com um gol aos 45 minutos do segundo tempo garantiu o empate por 3 a 3.

O jogo de volta está marcado para o próximo sábado, às 19 horas, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT). Quem vencer, por qualquer placar, garante o título da Série C. Um novo empate leva a decisão aos pênaltis. Na final, não há o critério de gols marcados fora de casa para efeito de desempate.

Apoiado pela torcida, o Operário foi para cima e abriu o placar no primeiro minuto com Dione. Pouco antes do intervalo, Erick ampliou para os donos da casa. O Cuiabá voltou para o segundo tempo com novo ânimo e antes dos 20 minutos empatou com dois gols de Marino. Quem garantiu a virada foi Jenilson em cabeçada certeira. No finalzinho, contudo, os paranaenses foram buscar o empate com Robinho.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.