Operário morre em obras de estádio da Copa do Mundo da Rússia

A organização da Copa do Mundo de 2018 anunciou nesta sexta-feira que um operário morreu nas obras de construção do estádio de São Petersburgo. Trata-se do segundo acidente fatal nas obras do Mundial em apenas uma semana e no mesmo local.

Estadão Conteúdo

11 de dezembro de 2015 | 15h45

De acordo com a construtora responsável pelas obras, a Transstroy, o operário escorregou quando trabalhava na cobertura do estádio e sofreu uma forte queda. A empresa não revelou o nome do operário.

Na semana passada, a prefeitura de São Petersburgo confirmou um acidente em circunstância semelhante. Um operário também sofrera uma queda ao tentar recuperar uma pedaço da cobertura que estava prestes a cair.

O estádio de São Petersburgo, com capacidade para 69 mil torcedores, vem enfrentando diversos problemas em razão de atrasos e custos elevados. A arena vai receber uma das semifinais do Mundial de 2018. Ao todo, pelo menos sete operários já morreram nas obras da Copa da Rússia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.