Oposição palmeirense tenta impedir votação deste sábado

Conselheiros entram na Justiça para barrar a eleição que pode prolongar o mandato de Della Monica

Vitor Marques, Jornal da Tarde

11 de dezembro de 2008 | 19h26

Conselheiros da oposição do Palmeiras entraram na Justiça para tentar impedir a votação da Assembléia dos Sócios, marcada para este sábado, para prolongar o mandato do presidente Affonso Della Monica.       Veja também:  Libertadores faz Palmeiras aumentar valor de patrocínio   Se a Justiça entender que a votação é legítima, Della Monica precisará de pelo menos dois terços dos votos depositados nas urnas para estender seu mandato até novembro de 2009. Se ele não conseguir, o clube terá eleição para presidente em janeiro.   SAUDADES O meia Valdivia admitiu, em entrevista ao site Pele.Net, que preferia trabalhar no Palmeiras com o técnico Caio Júnior do que com Vanderlei Luxemburgo.   "Não tem outra pessoa que me ajudou mais do que ele. Gosto mais do Caio do que do Vanderlei", contou o jogador. O chileno reafirmou sua identificação com o Palmeiras e descartou defender rivais como São Paulo ou Corinthians.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasAffonso Della Monica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.